A empresa de análise KGI Securities, que tem como "estrela" Ming-Chi Kuo, um profissional de pontaria certeira em palpites, resolveu falar um pouco sobre as possíveis especificações técnicas da próxima versão do smartphone da Apple.

Segundo o mais novo relatório da companhia, os modelos serão chamados de iPhone 6S e iPhone 6S Plus e ambos contarão com a tecnologia Force Touch herdada diretamente do Apple Watch. Com ela, o dispositivo "mede" a força do contato do seu dedo com a tela para realizar diferentes ações e respostas. A empresa ainda reforçou que um modelo de 4" não será apresentado nesta geração, com os tamanhos de 4,7" e 5,5" mantidos.

O chipset A9 deve ser o processador que comanda o dispositivo (o A8 é o da geração atual de iPhones). A memória RAM deve ser de 2 GB (o dobro do iPhone 6) e a câmera também receberá uma atualização — ao menos no sensor, que passa a contar com 12 MP, 4 MP a mais que a atual.

Visual

As cores serão as mesmas da última geração, com a adição de uma variante também herdada do Apple Watch: "Rose Gold". O relatório aposta ainda nas telas de safira para o iPhone 6S Plus, mesmo com todos os problemas que resultaram na troca dessa tecnologia no iPhone 6. Por fim, um alumínio conhecido como Series 7000 será usado para acabar com o problema de aparelhos entortando — será que tem algo a ver com a patente recentemente registrada?

Não é possível confirmar as informações da KGI, mas eles costumam ter informações privilegiadas ou acertar na mosca quando o assunto é a Apple. Fique ligado no TecMundo para mais novidades?

Cupons de desconto TecMundo: