Quem vem acompanhando os rumores mais recentes sobre o iPhone 6 sabe que a suposta tela do aparelho acabou parando nas mãos de muitos youtubers, o que resultou, por sua vez, em vários deles colocando a peça nos mais variados testes de resistência.

Em praticamente todos os casos, o vidro de safira aguentou muito bem, mas parece que finalmente descobriram uma fraqueza para a tela.

Como explicado no vídeo abaixo, feito por Marques Brownlee (que, aliás, também testou a resistência da peça anteriormente), parece que o motivo de a tela não ser afetada simplesmente se deve ao fato de que os materiais usados contra ela estavam muito abaixo na Escala de Mohs de dureza mineral.

Entendendo a Escala de Mohs

Antes de deixarmos muitos de nossos leitores perdidos, vale a pena uma rápida explicação sobre o que é essa tal escala. Em resumo, cada mineral que encontramos possui um nível de dureza: o talco, marcado como 1 na escala, pode ser facilmente arranhado, enquanto o diamante, com 10 pontos, é famoso por ser praticamente impossível de ser arranhado por qualquer outro material.

Da mesma maneira, nenhum item com uma pontuação mais baixa na escala pode arranhar outro com uma posição mais alta na lista. Logo, por mais que você tente, mesmo um material como o rubi ou a safira, com 9 pontos na escala, seriam capazes de arranhar o diamante.

De volta ao teste...

Explicado isso, o que Brownlee fez foi simples: comprar duas lixas com níveis de dureza diferentes na escala de Mohs para então usá-las na tela do iPhone 6. Esta supostamente deveria resistir a ambas sem arranhões, já que a safira marca impressionantes 9 pontos no teste.

Como resultado, temos uma surpresa. Embora tenha resistido bem em comparação ao Gorilla Glass, a tela saiu com uma boa dose de arranhões – o que quer dizer que essa tela é feita apenas com uma pequena quantidade de safira. Vale notar que o botão de safira pura do iPhone 5S não sofreu o menor estrago, nos testes.

Resistente, mas nem de longe inquebrável

Ok, agora está provado que a tela do iPhone 6 é resistente a arranhões contra metais “macios” como o ferro e o aço. Mas e quanto à sua resistência a impactos? Para descobrir essa resposta, Brownlee resolveu colocar sua tela contra nada menos do que um arco olímpico.

Não é preciso muito para imaginar o que aconteceu, mas o vídeo logo acima serve de prova. Em resumo, a tela não aguentou o impacto da flecha disparada contra ela, estilhaçando-se por completo. Então, se quiser ter um smartphone para se proteger de um ataque, pode ser uma melhor ideia ficar com o Samsung Galaxy S5 – o aparelho pode até quebrar, mas ao menos a bateria sabe muito bem como revidar.

Cupons de desconto TecMundo: