(Fonte da imagem: Divulgação/Correios)

Uma medida provisória publicada hoje no Diário Oficial da União estabelece mudanças no estatuto dos Correios, permitindo que a organização ofereça serviços de telefonia, logística integrada, internet, bancários e tenha participação em companhias aéreas.

Segundo Paulo Bernardo, ministro das Comunicações, a medida serviu para modernizar as diretrizes da autarquia, que não sofria revisões há 42 anos. “Queremos que os Correios sejam uma empresa moderna, com serviços da melhor qualidade. Provavelmente, é a única empresa que atua em todos os municípios do Brasil, então tem de atender bem”, comentou o ministro à Agência Brasil.

No que concerne à área de telecomunicação, os Correios poderão disponibilizar serviços de telefonia como uma operadora virtual – sendo capaz de alugar redes privadas e oferecê-las aos consumidores. Além disso, a organização terá o poder de hospedar lojas de comércio eletrônico, conceder certificações digitais e emails registrados.

A medida provisória ainda prevê que os Correios tenham a liberdade de se associar ou criar uma companhia aérea, montar agências no exterior e constituir serviços bancários pelo, já existente, Banco Postal. Dessa forma, a organização terá maior autonomia, podendo coletar e enviar encomendas para fora do país e oferecer serviços de melhor qualidade para todo o território nacional.

Para que as alterações do estatuto entrem em vigor é preciso que a Presidência da República assine um decreto, fato que tem a expectativa de se concretizar na próxima segunda-feira (02/05).

Cupons de desconto TecMundo: