Cards Against Humanity se descreve como "um jogo festivo para pessoas horríveis" e, além de card game, é também uma organização que envia presentes aos assinantes durante todo o mês de dezembro. Só que a promoção, chamada Eight Sensible Gifts for Hanukkah, parece ter atingido um nível bizarro demais até para eles.

O dinheiro levantado das assinaturas (US$ 15) de 150 mil participantes permitiu ao Cards Against Humanity comprar uma obra assinada do pintor Pablo Picasso, a Tête de Faune, de 1962. Até aí tudo bem, mas a empresa não pretende ficar com a impressão — e são os assinantes online que decidirão o futuro.

São duas opções: doar a obra para a coleção permanente do Instituto de Arte de Chicago ou cortar a laser a obra em 150 mil pequenos pedaços de 1,5 mm e enviá-los a cada um dos assinantes? A votação termina em 31 de dezembro e só quem pagou a taxa pode participar. O resultado parcial não foi divulgado, só para aumentar o mistério. 

O site Hyperallergic investigou e acredita que essa obra é, na verdade, uma réplica assinada por Picasso. Ainda assim, será que vale a pena obter a pequena recordação? Aliás, no ano passado, a Cards Against Humanity comprou uma pequena ilha no Maine e a renomeou para "Havaí 2", dando a cada assinante um metro quadrado de posse no local.

Você destruiria uma obra de Picasso só para ter um pequeno pedaço dela em casa? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: