O Sistema de Medição de Tráfego Internet (SIMET) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) ganhou um novo site, passando a contar com um visual mais moderno, número maior de funcionalidades e atualizações técnicas. O serviço permite que o público verifique o desempenho de sua conexão com a internet durante atividades específicas, como navegar pela web, fazer chamadas VoIP, realizar videoconferências e assistir a vídeos.

Entre as principais novidades da ferramenta, está a realização de testes usando IPv6, o que faz com que o SIMET seja o único sistema de medições brasileiro que permite que o usuário final avalie o funcionamento do novo protocolo. “Com o número crescente de operadoras oferecendo IPv6 para os usuários, tornou-se necessário criar um mecanismo de teste que contemplasse esse protocolo”, explica Fabricio Tamusiunas, gerente de projetos do NIC.br.

Outra atualização técnica importante é a remoção da necessidade da instalação do Java para o Chrome. “Ao criar uma solução nativa para o navegador, esperamos um crescimento significativo de testes na web”, afirma Tamusiunas. Os resultados são divididos em “básico”, voltado aos usuários em geral, e “avançado”, com gráficos e detalhes específicos, para profissionais de tecnologia.

Com a reformulação, o sistema deixa de requisitar que os usuários digitem seus CEPs, pois passa a usar tecnologias mais precisas e confiáveis baseadas em HTML5 para definir sua localização. Por fim, a nova página traz ainda uma versão atualizada do Mapa de Qualidade da Internet, que considera não somente os testes realizados pelos usuários do SIMET via Web, mas também os do equipamento especial SIMET Box do NIC.br e do app Monitor Banda Larga.

Em breve no seu celular

Segundo os responsáveis pelo serviço, os próximos planos envolvem uma atualização também para o SIMET Mobile, feito para medir a qualidade da conexão das redes móveis. Com o update, o sistema passará a contar com novas funcionalidades, animações e a possibilidade de verificar e comparar o desempenho de cada operadora. Enquanto a novidade não chega, você pode conferir a situação das redes fixas clicando neste link.

O desempenho da sua internet está acima ou abaixo do esperado? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: