Carro-mesa de Perry Watkins

Fonte da imagem: Jonathan Worth

Uma mesa de jantar acoplada sobre a carcaça de um veículo e que pode ultrapassar a marca dos 200 km/h. Este é o possante do britânico Perry Watkins, um diretor de vendas de Wingrave, Inglaterra, que já ostenta dois recordes um tanto quanto curiosos: o menor carro e o mais lento do mundo, ambos dentro da lei.

A ideia para bater o recorde mundial de mobiliário mais rápido foi usar uma mesa, afinal, é um móvel vazado e leve – diferente do sofá que andou a 147 km/h e detém o atual recorde da categoria. A estrutura motorizada do veículo é a de um Reliant Scimitar Sabre V8 conversível, completamente modificada.

Para aumentar a velocidade de sua obra-prima, Watkins equipou-a com um sistema de injeção de nitrogênio. Apesar de esperar por dificuldades, ele não imaginava que seu carro-mesa daria tanto trabalho: logo no primeiro teste o motor esquentou demais e derreteu alguns pistões. Mas, sem desanimar, ele encontrou um novo motor e colocou a máquina para funcionar outra vez.

O resultado foi o Fast Food, nome bastante sugestivo com o qual foi batizado veículo. Na exibição que valia o recorde, o carro não decepcionou e marcou a incrível velocidade de 182 km/h. Contudo, o que mais chamou a atenção dos espectadores foi o visual: Watkins colou louças de verdade à mesa, bem como uma boa variedade de comidas, incluindo um molho feito de resina de fibra de vidro.

Toda essa brincadeira rendeu ao inglês, além do recorde de mobiliário mais veloz do mundo, uma conta de US$ 7,8 mil (aproximadamente R$ 12,8 mil).

Cupons de desconto TecMundo: