A internet já é parte integrante da vida de muitas pessoas há tempos. Seja para acessar redes sociais, trabalhar ou se divertir, ela é a responsável por ocupar boa parte do nosso tempo enquanto estamos acordados. E é aí que fica a pergunta: como dividimos as nossas tarefas quando o assunto é internet? A resposta está em uma pesquisa feita pelo IBOPE CONECTA e patrocinada pela Dell

A revelação dos dados foi feita em um evento realizado pela fabricante de computadores nesta quarta-feira (22). Na ocasião, foi dito que os números foram obtidos em uma pesquisa realizada no mês de junho com mil internautas de classes sociais variadas, sendo 53% mulheres e 47% homens. Todas as regiões do Brasil foram contempladas, e a margem de erro é de 3% para mais ou para menos. 

Como os brasileiros usam computadores e tablets? 

Fato: atualmente, é difícil entrar em uma casa que não tenha pelo menos um computador e um tablet. Logo, é de se esperar que ambos os aparelhos acabem atraindo a atenção de seus donos. Porém, como isso é feito? 

Como é possível ver na tabela abaixo, cada um deles ganha mais espaço em um determinado campo. Quando o assunto é ações que exigem um pouco mais de tempo (assistir a filmes, navegar na internet, acessar emails e ler notícias), o computador tem mais destaque, mas os números se tornam mais próximos quando o assunto é interação com outras pessoas (acessar redes sociais e bater papo com amigos e familiares).

Curiosamente, jogos não foram inclusos na pesquisa feita pelo IBOPE CONECTA e pela Dell

Outro detalhe divulgado com a pesquisa é que o brasileiro passa, em média, 5,3 horas na frente do computador. Foi mencionado ainda que, ao procurarem por uma nova máquina, 57% dos usuários querem um bom processador, enquanto 22% se ligam à marca e 8% à memória. 

Quando o assunto é definir um auxílio para adquirir um novo produto, dois terços dos entrevistados revelaram que usam ferramentas de internet (a saber, lojas online, análises e opiniões nas redes sociais) para pesquisar e avaliar o melhor computador na hora da compra. E, por falar em compra, um quarto dos internautas que participaram da pesquisa pretende investir em um novo notebook nos próximos seis meses, enquanto 46% vão optar por um computador no mesmo período. 

Principais aparelhos e ciclo de vida 

Outro detalhe levantado na pesquisa é a presença dos aparelhos nos lares brasileiros. O notebook desponta como a principal plataforma caseira com 56% da preferência, deixando os desktops na segunda colocação (31%) e os tablets na terceira posição (7%). Mais detalhes estão na tabela que você confere a seguir:

Também houve a menção de que, entre os brasileiros que possuem computador em casa, a média é de quase 2 equipamentos por família. Além disso, quando questionados sobre quais aparelhos vão sobreviver a longo prazo, 55% mencionaram o notebook, 44% o notebook 2 em 1, 31% o tablet, 27% o All-in-One e 18% o desktop. 

No ambiente de trabalho 

Por fim, há alguns dados associados ao uso de computador no ambiente de trabalho. Entre os entrevistados que trabalham (o que representa 77% dos que participaram da pesquisa), 57% possuem permissão da empresa para usar o computador pessoal no ambiente profissional. Além disso, 76% afirmam que acessam o email profissional do PC ou tablet pessoal e 46% têm acesso a arquivos e documentos da empresa em seus aparelhos. Porém, 15% admite que a companhia nem faz ideia do uso de equipamentos pessoais para acessar dados coorporativos.

Cupons de desconto TecMundo: