William Hague

Fonte da imagem: Wikipedia

Preocupada com a crescente ameaça de espionagem cibernética, a Grã-Bretanha se ofereceu nesta sexta-feira para organizar uma conferência internacional visando estabelecer leis internacionais para reger o ciberespaço.

Durante uma conferência de segurança realizada Alemanha, o ministro britânico de Negócios Estrangeiros William Hague, revelou detalhes de recentes ataques aos computadores do governo e aos sistemas de defesa.

"Nós acreditamos que há uma necessidade de um diálogo mais abrangente, estruturado de forma a começar a construir um consenso entre os países de mentalidade semelhante e para lançar as bases para um acordo sobre um conjunto de normas sobre como os países devem agir no ciberespaço", disse ele.

"O Reino Unido está preparado para sediar uma conferência internacional no final deste ano para discutir as normas de comportamento aceitável no ciberespaço", acrescentou no discurso, cujo texto foi divulgado em Londres. 

As normas internacionais sobre o uso do ciberespaço devem ser baseadas em princípios como o respeito pela privacidade individual, a proteção da propriedade intelectual e de um esforço coletivo para combater a ameaça dos criminosos agindo online, acrescentou. 

 

Cupons de desconto TecMundo: