A primeira leva de placas gráficas NVIDIA baseadas na arquitetura Fermi e pensadas desde o princípio para o Microsoft DirectX 11 pode ser utilizada tanto em notebooks de alto desempenho quanto em máquinas mais modestas. A preferência por computadores portáteis aparece graças à tecnologia Optimus, que desliga os processadores gráficos durante tarefas menos exigentes, aumentando o tempo entre cargas.

Além da economia de energia, os novos chips gráficos da NVIDIA contam com suporte 3D Vision para exibição de gráficos tridimensionais, com o uso de óculos ou monitores 3D. Para os mais dedicados às novidades tecnológicas também é possível conectar o notebook a um televisor capaz de 3D e exibir conteúdo direto do computador através do aplicativo NVIDIA 3DTV Play.

Capacidade de interpretação PhysX e CUDA, sistemas utilizados em jogos e aplicativos de processamento gráfico intenso, também fazem parte da lista de características da série GeForce 400M.

NVIDIA GeForceA nova arquitetura dos chips – chamada Fermi – ajuda na reprodução de conteúdo de alta definição e também conta na hora de navegar na internet. Em testes do fabricante, por exemplo, o upload de um vídeo em full HD foi cinco vezes mais rápido nos chips 400M do que em placas de vídeo integradas a processadores Core i5.

Em termos de jogos, usando o recente Starcraft II como parâmetro, os novos sistemas chegaram a ser até dez vezes mais ágeis do que os processadores gráficos integrados.

Segundo a NVIDIA, os novos chips gráficos serão o coração visual de notebooks Acer, Asus, Dell, Lenovo, Samsung e Toshiba ainda em 2010.

Cupons de desconto TecMundo: