Mais uma boa notícia para os amigos do meio ambiente. Depois dos carros elétricos e híbridos, agora é a vez dos carros movidos a força humana chegarem ao mercado. Em uma ideia que parece ter saído dos desenhos dos Flinstones, Charles Greenwood inventou um carro que precisa ser “incentivado” para se locomover.

O HumanCar possui um motor elétrico, mas ele funciona apenas para emergências, pois o grande combustível do carro é mesmo a força dos tripulantes. Diferente dos carros do desenho que eram empurrados com os pés, este é movido com o auxílio de alavancas que funcionam como remos simulados.

Direto dos desenhos

Divulgação/HumanCar

Segundo o inventor, o veículo pode chegar à velocidade de 60 Km/h (sendo empurrado por até quatro tripulantes), satisfatória para a maioria das cidades do mundo, inclusive as brasileiras. Só não sabemos se ele poderia ser utilizado sem problemas em cidades com muitas ladeiras.

Com preço estimado em 10 mil libras, o HumanCar deve chegar aos consumidores que o encomendaram já no próximo ano. Resta saber se o veículo conseguirá utilizar a  disposição dos motoristas e passageiros para entrar de verdade no mercado automotivo.

Cupons de desconto TecMundo: