A empresa japonesa HPI começou a comercializar em território nipônico o G-Dog, um cachorro robô que simula com fidelidade todos os movimentos que um animal de verdade realiza.

Com 19 centímetros de altura, o canino robótico possui nove pontos de articulação em seu corpo. Apesar disso, esse número pode ser ampliado caso o dono deseje: basta adquirir um pacote extra de movimentação e instalar em seu animal de estimação.

Toda a movimentação do robô é feita por meio de um controle remoto sem fio. O diferencial do G-Dog em relação aos outros cães artificiais está na movimentação. Devido à quantidade de articulações, o animal consegue reproduzir com verossimilhança ações que outros animais cibernéticos não conseguiam, como correr e saltar.

G-Dog

Divulgação: HPI Robot

O pequeno cão mecânico pesa apenas 570 gramas e se alimentar de baterias, que o mantêm ativo por cerca de 45 minutos ininterruptos.

Anunciado oficialmente em 2008, o animal de estimação, em seu modelo padrão, chega às lojas japonesas custando o equivalente a R$ 1,4 mil. Já para quem quer adicionar mais pontos de movimento ao seu bichinho, o valor chega a R$ 1,6 mil. A HPI não está comercializando o G-Dog internacionalmente.

Cupons de desconto TecMundo: