(Fonte da imagem: Reprodução/GirlsOnAMap)

Você gosta de um pouco de polêmica? Se a resposta para essa pergunta for “sim”, é bem provável que você vá se interessar por um novo site que está dando o que falar. A novidade em questão se chama GirlsOnAMap e funciona como um guia de viagens internacionais um tanto quanto diferente do convencional.

Assim como o nome da página já deixa indicado, o objetivo dela é o de avaliar as mulheres ao redor do mundo. Para isso, os viajantes que encontraram alguma garota em suas férias, por exemplo, podem postar a foto dessa pessoa para que os outros rapazes que acessam o site avaliem a beleza dela — e essa nota vai acumulando para que sejam definidas as mais “quentes” de todo o mundo.

Acesso a diferentes tipos de informações

Contudo, também é possível fornecer outras informações sobre essas garotas, como a descrição da aparência íntima e interesses em geral — principalmente os que dizem respeito ao sexo masculino. Dessa maneira, o GirlsOnAMap consegue criar um mapa com os locais em que as mulheres são mais acessíveis para o sexo casual.

Com o cruzamento de todas essas informações, o site também acaba elegendo quais são as cidades mais “hot” de todo o mundo, assim como acontece com as mulheres. Até o fechamento desta notícia, o Rio de Janeiro se encontra em primeiro lugar, com uma nota média de 6,4, sendo que a maioria dos votos avaliou as cariocas como “fáceis”.

Explicando o que é e para quem é

Garota que está para ser avaliada através do GirlsOnAMap. (Fonte da imagem: Reprodução/GirlsOnAMap)

O site é invenção de um ex-apresentador de televisão dos Estados Unidos chamado Kevin Leu. Ao falar sobre o seu projeto, ele declarou que a média de idade dos viajantes homens estadunidenses é de 18 a 34 anos, sendo que esse público-alvo não está procurando apenas um passeio turístico, mas sim aventuras (em outras palavras, encontros com mulheres).

“Eles querem escolher um bom destino, mas também estão à procura de uma aventura de férias. E por que não? É o elixir da vida!”, acrescentou Leu. Ele também alegou que esta é uma plataforma para jovens solteiros, mas que eles não estimulam o abuso de garotas ou qualquer coisa parecida com isso.

E é claro que nem todo mundo gostou...

Apesar das explicações do ex-apresentador, o Twitter recebeu uma grande quantidade de reclamações pelo simples fato de que o site trata as mulheres de forma machista, como se elas fossem atrações turísticas de determinados países. Além disso, ainda há o fato de que ele torna as garotas um objeto dentro da página, algo que também ficou evidente com a polêmica do app Lulu.

Contudo, mesmo com o ponto de vista de quem não gostou do GirlOnAMap e da exposição de diferentes mulheres, o site continua funcionando normalmente, como você conferir ao clicar aqui. Além disso, depois de ler sobre a novidade e a sua repercussão, o Tecmundo quer saber: qual é a sua opinião? O guia é machista ou não? Você vai utilizá-lo? Para responder, basta postar um comentário.

Cupons de desconto TecMundo: