Seguindo a tendência do Google Chrome, o Firefox 4.0 ganhará em sua versão final um atualizador silencioso, ou seja, que não avisa sobre updates pequenos – como da versão 4.0.1 para a 4.0.2. Apesar disso, atualizações maiores – como de 4.0 para 4.5 – continuarão a exibir mensagens de notificação para perguntar se o usuário realmente deseja instalá-la.

As reclamações sobre as atualizações frequentes do navegador sempre foram constantes, pois o usuário precisava parar tudo o que estava fazendo para instalá-las, todavia, não via diferença alguma quando o navegador era reiniciado. Além disso, o número das pessoas que simplesmente clicavam em “Não” e ignoravam a instalação era grande.

Por consequência disso, o número de pessoas que não instalava atualizações com correções de bugs de segurança também era grande, deixando o navegador vulnerável a ataques. Um pouco diferente do Chrome (que não permite alterações), o atualizador silencioso do Firefox será totalmente configurável, permitindo que o usuário escolha em quais situações deseja atualizar o browser sem ser notificado, em quais deseja ser notificado ou se não deseja nem sequer atualizá-lo.

Firefox

Por fim, de acordo com o artigo “Why Silent Updates Boost Security” (Por que atualizadores silenciosos aumentam a segurança) – confira o PDF em inglês aqui –, 97% dos usuários do Chrome usam a versão mais atual, enquanto somente 85% dos usuários do Firefox e 53% do Safari. Em resumo, atualizadores silenciosos incomodam menos o usuário e deixam-no mais seguro.

Cupons de desconto TecMundo: