A noite cai na cidade e o detetive Nick Bounty vagueia pelos becos e ruas escuras. É uma quinta-feira de janeiro e faz muito frio, talvez isso tenha espantado a clientela. Desapontado, Nick retorna cabisbaixo aos ossos do ofício. Em seu escritório, um vendedor de frutos do mar bate à porta: e é aí que tudo começa... O coitado é esfaqueado sorrateiramente pelas costas: mais um típico caso de homicídio doloso, que aparentemente não possui respostas.
 

 
Se você não sabe nem por onde começar, observe nossas dicas! Antes de mais nada, lembre-se que um bom investigador fala com todos, observa tudo e coleta evidências e pistas cruciais para a resolução dos casos.
 
Escritório de Nick Bounty
 
O corpo de um sujeito chamado Arthur Griffen está estendido no chão do seu escritório. O que fazer? A primeira tarefa é procurar por pistas. Você notou que ele derrubou um carangueijo: olhe-o e colete-o como evidência. O mesmo se segue para a arma do crime.
 

 
E quanto à caixa? Uma pista importante que deve ser observada! Ela levará Nick ao próximo passo de sua jornada: As docas!
 
As docas (The Docks)
 
Chegando às docas, há um sujeito limpando o píer. Aparentemente não há nada o que fazer, visto que ele não lhe dá a devida atenção. Você definitivamente precisa de uma pista e de um motivo. Note o balde usado para lavar o lugar, você pode colocar algo lá para chamar a sua atenção (como um carangueijo). Depois de conversar com Bill, é melhor dar uma olhada nos caixotes que contêm esponjas: pegue uma esponja!
 

 
Em seguida, dê uma conferida no polvo e use o carngueijo — por instinto, ele vai esguichar sépia (a famosa "tinta escura"). Passe a esponja na tinta e siga para as caixas à esquerda. Usando a faca, trate de abri-las. Você encontra muitos carangueijos! Olhe bem, pode ser que as cosias não sejam bem o que aparentam ser... Pegue mais uma pista e vá ao Blue Crab Cafe.
 
Blue Crab Cafe
 
Aproxime-se do café e tente entrar. Existe um identificador na porta e você não está autorizado. Volte ao escritório para pensar numa solução. Procura por um cartão de biblioteca, talvez ele sirva para forjar uma identidade falsa. Mas como fazer uma falsificação?
 

 
Certamente é necessário ter impressões digitais. Para aprender a coletar tais impressões, procure por um livro em sua biblioteca pessoal. Como ele é muito grande, use sua faca para obter apenas o resumo. Use a esponja (já salpicada com sépia) no dedo da vítima. Volte ao café. Tente usar o usar o cartão novamente: você descobre que precisa também de uma foto. Há um cartaz na rua, que tal fraudar usando a imagem do homem nele? Use sua faca para recortá-la e mãos à obra! Entre no restaurante.
 
A garçonete o recebe, fale com ela, saia e entre novamente, e vá para a cozinha. Lá você encontra Gutman, o cozinheiro. Converse com ele, observe se existem pistas no ambiente e ande até a porta dos fundos. Surge um capanga que lhe conduz até o Chefe.
 

 
O Chefe
 
O Chefão está irritado e não gostou da sua investigação. Você acaba na rua, junto ao lixo. Que tal fuçar lá dentro? Pegue as garrafas, olhe pela janela e fale com Wilbur. É necessário um meio para incriminar o Chefe, pois agora ele é seu principal suspeito. Bem que um equipamento de escuta viria bem a calhar, não é? Lembra que o velho Gutman possuia uma vitrola? Ela podia ser útil! Mas como pegá-la "emprestado"?
 

 
Volte ao beco e use o carangueijo na caixa de fusíveis, pegue os fios. Após o curto-circuito, volte à cozinha e afane a vitrola e o queijo. É hora de voltar ao beco. Lá, observe que existem caixas vazias, mova-as e pegue um cartão. É hora de visitar o outro restaurante.
 
Jim´s Shack ´O Crabs
 
O sujeito não quer covnersa porque está preocupado com um rato. Contudo, você precisa conversar com tal homem. Para isso, seu dever é criar uma armadilha eficaz com o carangueijo de brinquedo e o queijo. Depois de conversar com o Jim, dê o cartão achado no beco para ele (é um cartão de exterminadores de pragas).
 
Jim, preocupado com o seu restaurante, liga em seguida para o capanga do chefe, Wilbur. Está é a hora ideal para gravar a conversação, mas como? Primeiro, siga para o onde está o chefe e ligue os fios com os vidros de garrafas. Aproxime-se do vidro e escute a conversa. Era tudo o que você precisava, mas como gravá-la? Use o seu dispositivo de escuta com a vitrola e monte seu aparelho de espionagem à lá MacGayver.
 

 
O desfecho: confrontando o chefão
 
O chefão está muito bravo e destruiu todas as evidências do crime. Ele quer matá-lo! O que fazer?! Revidar atirando, mas... Você não tem uma arma! Bom, como o mistério é sobre carangueijos, a solução é meio óbvia, ou não... 
 

Cupons de desconto TecMundo: