Em agosto deste ano o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) vai realizar o XII Censo Demográfico. O intuito é retratar as características socioeconômicas da população brasileira. Com base nos dados coletados, através das tradicionais entrevistas, será possível ajustar o planejamento público e privado da próxima década para Brasil.

No entanto, os recenseadores enfrentam alguns problemas na hora de fazer as entrevistas. As pessoas nem sempre estão em casa pra responder ao questionário, por exemplo, e os entrevistadores precisam voltar outro dia para realizar a entrevista. Outro problema para o IBGE é a demora na apuração das respostas, uma vez que os dados são anotados em formulários de papel e é preciso verificar um a um.

Pensando em resolver alguns destes problemas, o IBGE vai passar a utilizar um pouco mais de tecnologia para as entrevistas do Censo 2010. Dentre as novidades estão a utilização de computadores de mão pelos recenseadores e também a possibilidade de responder ao questionário pela internet.

Estatísticas mais precisas

Como vai funcionar?

De acordo com a assessoria de comunicação do IBGE, os responsáveis pelas entrevistas domiciliares terão um formulário online disponível, de maneira que eles poderão mapear cada uma das residências utilizando um computador de mão. Com isso, se não for possível realizar a entrevista no momento da visita, o entrevistador pode expedir um código de acesso para aquele domicílio de modo que o morador responda ao questionário pela internet.

Uma vez que este código tenha sido emitido, o responsável pela residência terá até dez dias para fornecer as informações solicitadas. Se o questionário não for respondido no prazo estipulado, o IBGE entrará em contato por telefone lembrando o morador de suas obrigações. Persistindo a falta de resposta, o técnico retorna à residência para completar o questionário.

Agilizando o processo

Dados digitalizados podem ser computados e analisados por computadores. Foi pensando nisso que o IBGE implantou os computadores de mão para os técnicos que realizam as pesquisas nos domicílios. Ao final do dia, basta descarregar todas as informações anotadas e processá-las em um computador.

Com certeza é mais rápido do que verificar cada um dos formulários manualmente, sem contar na maior precisão que os dados terão. Não ter que retornar a todas as residências em que não foi possível realizar a entrevista deve animar os funcionários do IBGE. Afinal, são cerca de 58 milhões de domicílios em 5.565 municípios para atender. É um número bem grande de casas, você não acha?

Perguntas novas

Com o crescimento da tecnologia e a facilidade de acesso a ela é quase impossível não inserir questões a respeito dela no Censo Demográfico. Por isso este ano o questionário do IBGE conterá mais algumas perguntas. Os novos assuntos são o acesso à internet e a utilização dos serviços e aparelhos de telefonia móvel.

A tecnologia está cada vez mais presente no cotidiano das pessoas. Atualmente é quase impossível viver sem ter contato com algum eletrônico ou software de última geração. Da mesma maneira que a ciência evolui, o ser humano também precisa se adaptar às novas condições e tirar o máximo proveito das novidades.

Foi com esse pensamento, o de evolução, que o IBGE optou por incorporar computadores e a rede mundial de computadores aos seus serviços. Mas será que isso vai dar certo? Não deixe de comentar e enviar sua opinião para nós! Aqui o Portal Baixaki, o usuário tem voz e vez!

Cupons de desconto TecMundo: