(Fonte da imagem: iStock)

Os Estados Unidos pretendem disponibilizar internet ultrarrápida para todos os seus moradores até no máximo 2015. Pelo menos essa é a expectativa de Julius Genachoski, chairman da FCC, agência que regula as telecomunicações no país.

“A história da nossa economia nos ensina que se construirmos, certamente a inovação virá”, destacou o executivo em entrevista ao site The Verge. Porém, para que seja possível alcançar a meta de disponibilizar conexões de até 50 Gb/s de velocidade nos 50 estados norte-americanos, muita coisa precisa ser feita.

Mais empresas precisam entrar na corrida, ampliando a oferta digital, da mesma forma como o Google vem fazendo com um projeto experimental em Kansas. A internet ultrarrápida fomentaria o desenvolvimento das próximas gerações de aplicativos, fortaleceria a economia e a tornaria mais competitiva.

Cupons de desconto TecMundo: