Se você já assistiu ao filme “De Volta para o Futuro”, deve se lembrar da jaqueta que o personagem principal ganhou do Dr. Brown assim que desembarcou no ano 2000. Apertando um pequeno botão, ela se autoajustava ao tamanho da pessoa que a vestia, além de possuir um sistema de secagem automático. Infelizmente, essa tecnologia ainda não existe, mas algumas roupas já demonstram muitos avanços.

Roupas que não sujam

Uma flor de lótus possui uma propriedade única, que a torna praticamente impermeável. Quando uma gota de água toca em sua superfície, ela é repelida e escorre sem ser absorvida pelas pétalas.

Existem fabricantes de roupas que encontraram uma maneira de fazer o mesmo com roupas, tornando-as praticamente “inssujáveis”. O nome dado a isso é “efeito lótus”, pois o funcionamento do tecido é semelhante ao das pétalas da flor. Uma camada de resina dá conta de repelir a sujeira e os líquidos e adicionalmente ainda evita que o pano fique amassado, economizando passadas a ferro.

Efeito Lótus

Para pessoas que não gostam ou não podem lavar roupa, isso é um avanço extraordinário. Infelizmente, o preço também é e, por isso, no Brasil as roupas com esse tecido ainda não se popularizaram.

Para quem gosta de praia

Se você costuma ficar muitas horas sob o sol, é melhor se proteger, pois seus raios estão cada vez mais quentes e nocivos à sua pele se você ficar muito tempo exposto. Entretanto, existem tecidos que possuem até proteção solar. As roupas da marca UV.Line, por exemplo, têm tecido altamente absorvente, para que o suor não fique no seu corpo, além de possuírem filtro solar fator 50.

Filtro solar no boné

Na saúde

Tecnologia de roupas  na medicinaOs benefícios da tecnologia aplicada aos tecidos também podem ser vistos na medicina. Roupas hospitalares podem ser extremamente contaminadas no dia a dia, mas a USP de São Carlos-SP tem pesquisado maneiras de deixá-las mais higiênicas, agregando minúsculas partículas de prata ao tecido, que funcionam como bactericidas.

Para pós-operados, as partículas de prata ainda tornam melhor o processo de cicatrização, o que pode reduzir tempos de internação a que o paciente precisa se submeter. Algumas substâncias também podem ser incorporadas aos tecidos como se fossem remédios para ajudar no tratamento.

Logicamente, esse tipo de tecido não está restrito à medicina. O odor desagradável que fica na roupa depois de atividades físicas também pode ser reduzido, permitindo a utilização da roupa por mais tempo antes de lavar.

O problema maior desse tecido é que as “funções” de que ela é capaz vão perdendo o efeito conforme a roupa é lavada, mas os pesquisadores estão estudando maneiras de melhorar sua durabilidade.

As mentes inventivas dos japoneses já tiveram ideias melhores sobre a aplicação dos “remédios” embutidos nos tecidos. Eles criaram um terno com um composto químico que teoricamente mataria o vírus da gripe suína, tão falada e temida no ano passado.

As mães preocupadas com a saúde de seus bebês podem ficar mais tranquilas. É só comprarem um macacãozinho além de roupa é um termômetro. Se o bebê ficar com febre, o tecido mudará de cor, alertando a mamãe que algo está errado.

Para os esportistas

A fabricante Track & Field possui uma tecnologia batizada de Red Tech, que tem diversas propriedades para beneficiar aqueles que gostam de malhar na academia, andar de bike ou praticar atletismo. Segundo a própria empresa, a peça é capaz de reduzir aproximadamente 35% do ácido lático que é acumulado no músculo durante a atividade física.

A redução de ácido lático melhora a performance do atleta, pois reduz a chance da ocorrência de dores musculares e cãibras. Além disso, o tecido é elástico, se adaptando ao corpo e, para a felicidade das mulheres mais vaidosas, reduzindo aqueles os sinais daqueles “furinhos” incômodos da celulite.

Bermuda que absorve ácido lático e reduz a celulite

O nome “Redtech” vem da emissão de infravermelho pelo tecido da roupa. As fibras da roupa absorvem o calor da pele da pessoa e o transformam em infravermelho, facilitando a circulação do sangue na região.

Nadadores olímpicos costumam depilar completamente o corpo para melhorar o desempenho nas competições. Os pelos do corpo oferecem uma resistência adicional, fazendo com que os atletas  percam os milésimos de segundo fatais para a conquista de um recorde mundial.

Uma espécie de maiô, usada por diversos competidores, faz com que a água percorra o corpo do atleta, de forma que seu desempenho não seja prejudicado e até melhore, pois o atrito da água com o corpo é reduzido pelo formato das fibras do tecido.

Maiô para nadar mais rápido

Tecnologias curiosas

Nem todas as roupas e acessórios têm utilidade evidente. Algumas peças merecem até serem questionadas sobre sua real valia para melhorar a vida do comprador. De qualquer maneira, fica ao critério do leitor do portal Baixaki avaliar se realmente os itens abaixo são úteis ou são perda de tempo e dinheiro.

A empresa BeepingWallet possui uma linha de carteiras que emitem um sinal sonoro quando você retira cartões de seus lugares. A justificativa é proteger você contra a perda do seu “dinheiro plástico”, emitindo um bipe a cada 20 segundos, durante 5 minutos — de uma forma semelhante ao que fazem os telefones públicos brasileiros. Isso evitaria, por exemplo, que você esquecesse seu cartão dentro da máquina do banco.

Beeping Wallet

Se você quiser ir ainda mais longe, poderá comprar a iWallet, que possui leitor biométrico para evitar que qualquer pessoa abra a sua carteira. Logicamente, se ela fosse feita de couro ou outro material, seria simples burlar o sistema, mas a iWallet é feita de fibra de carbono e kevlar. Ou seja, só o dono conseguirá abri-la.

iWallet

A grife de roupas italiana “Zegna” possui em sua linha uma jaqueta com tecnologia “touch” e Bluetooth, que permite que sejam controlados celular e iPod através dos comandos posicionados na manga da peça. Outra marca criou um produto similar para quem gosta de snowboard. Agora imagine o prazer de descer a montanha ouvindo seu artista preferido. É mole, ou quer mais?

Jaqueta que controle iPod e celular bluetooth

Se você está cansado de ficar sem bateria no celular, quando mais precisa dele, não se desespere, pois foi inventada uma gravata que possui diversos receptores de energia solar. Sim, o intuito é que a energia captada seja direcionada para seu celular, carregando-o e permitindo que você volte a falar.

Gravata com captação de energia solar

Que tal dar uma de agente secreto e esconder diversos aparelhos eletrônicos na roupa, sem que qualquer pessoa perceba? A Scottevest possui um colete com 22 bolsos. Isso elimina diversos problemas, como a necessidade de enfiar a mão em cada um dos bolsos quando o usuário for passar pela segurança de bancos ou aeroportos. Se a porta travar ou o raio-x apitar, basta retirar o colete com tudo dentro.

Colete cheio de bolsos escondidos Raio-X do colete

Cupons de desconto TecMundo: