(Fonte da imagem: iStock)

Ao final do último mês, a internet brasileira alcançou uma marca de significado histórico: há hoje 3 milhões de domínios “.br” espalhados pela grande rede — o que, naturalmente, faz supor um país um tanto mais integrado, digitalmente, do que nunca.

Além do número respeitável, vale notar também o ritmo crescente com que os domínios tupiniquins tomaram parte do horizonte digital. De acordo com o CGI (Comitê Gestor da Internet) — responsável por computar novos registros desde 1995 —, foi apenas em 2006 que o Brasil alcançou o seu primeiro milhão de domínios próprios.

Entretanto, quatro anos depois (2010), os endereços dobraram, somando 2 milhões de “.br”. Naturalmente, o terceiro milhão surge com apenas dois anos de intervalo (2012). Parece razoável concluir, portanto, que as expansões de novos domínios continuem com ritmo cada vez maior.

Em um “top 10 de domínios”, o Brasil aparece hoje na 8ª posição, à frente da Argentina (.ar) e da Austrália (.au). Embora a lista seja atualmente liderada pela Alemanha (.de), é a terceira posição que realmente surpreende. Trata-se do minúsculo arquipélago de Tokelau (.tk). Ademais, cobra-se atualmente R$ 30 de qualquer internauta interessado em manter um domínio “.br” pelo período de um ano.

Fontes: Galileu

Cupons de desconto TecMundo: