Netflix 'imita' TikTok com função de clipes curtos para crianças

1 min de leitura
Imagem de: Netflix 'imita' TikTok com função de clipes curtos para crianças
Imagem: Netflix/Divulgação
Avatar do autor

A Netflix lançará um novo recurso com vídeos curtos voltado para crianças. Inspirada no TikTok, a novidade é uma forma do serviço de streaming usar conteúdos infantis para atrair os jovens espectadores para a plataforma.

Inicialmente, a opção batizada de Kids Clips será disponibilizada para a versão de iOS do aplicativo da Netflix. O espaço será atualizado diariamente com clipes curtos retirados de filmes e séries infantis que fazem parte do catálogo do streaming.

A novidade será incluída no perfil Infantil.A novidade será incluída no perfil Infantil.Fonte:  Nteflix/Divulgação 

A novidade é mais uma ação da Netflix para apresentar aos assinantes os novos títulos disponíveis. Com isso, o formato de vídeos curtos é um meio de atingir o público acostumado a assistir conteúdos do TikTok ou YouTube Shorts.

No início deste ano, o serviço de streaming estreou o recurso Risadas Rápidas com cenas curtas de comédia. Com materiais exibidos em posição vertical, os usuários podem conhecer as atrações que estão disponíveis na plataforma.

O conteúdo do Kids Clips seguirá a mesma dinâmica, mas os vídeos serão exibidos horizontalmente e ocuparão a tela inteira. Ademais, as crianças apenas poderão assistir a uma sequência de 10 a 20 clipes por vez.

A área Infantil também oferece outros recursos para crianças e responsáveis.A área Infantil também oferece outros recursos para crianças e responsáveis.Fonte:  Netflix/Divulgação 

Lançamento em breve

O desenvolvedor Steve Moser encontrou as informações sobre o recurso Kids Clip no código da versão iOS do app de streaming. Então, o especialista compartilhou os primeiros detalhes com a Bloomberg.

Em seguida, a Netflix confirmou ao site norte-americano que o recurso será lançado ainda nesta semana nos EUA e em países de língua espanhola na América Latina. Além disso, a novidade chegará aos assinantes do Canadá, Austrália e Irlanda.