As dúvidas sobre a pandemia mais pesquisadas no Google

2 min de leitura
Imagem de: As dúvidas sobre a pandemia mais pesquisadas no Google
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

Nesta quinta-feira (11), completa-se um ano que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a pandemia do novo coronavírus, após a covid-19 ser detectada em vários continentes e apresentar transmissão sustentada entre as pessoas. Até aquele dia, eram pouco mais de 118 mil casos em todo o mundo e 4,2 mil mortes, números que cresceram assustadoramente nas semanas seguintes.

Ao longo desse período, a internet foi a principal aliada na busca por informações sobre a doença causada pelo vírus Sars-CoV-2, que ainda hoje desperta dúvidas em muita gente, principalmente em relação aos sintomas, tratamento e formas de preveni-la.

Quais são os termos relacionados à pandemia mais procurados no Google? Com base nos dados da ferramenta Google Trends, o PopSci listou algumas das principais tendências em pesquisas sobre a crise de saúde nos últimos 12 meses, nos Estados Unidos.

“Hidroxicloroquina”

A hidroxicloroquina é usada para tratar malária e outras doenças.A hidroxicloroquina é usada para tratar malária e outras doenças.Fonte:  Unsplash 

Inicialmente apontada como medicamento para tratar e até mesmo prevenir a covid-19, recomendações retiradas posteriormente, a hidroxicloroquina teve uma explosão de buscas no Google após o então presidente dos EUA Donald Trump anunciar, no dia 19 de março, o interesse em utilizá-la.

As pesquisas pelo remédio também aumentaram em outras duas oportunidades nas quais o ex-mandatário americano falou sobre ele, assim como as buscas pelos termos “covid 19 hidroxicloroquina” e “coronavírus hidroxicloroquina”.

“Máscaras”

Os internautas queriam saber mais sobre máscaras.Os internautas queriam saber mais sobre máscaras.Fonte:  Unsplash 

O interesse pelas máscaras no buscador foi lento no início da pandemia, mas aumentou consideravelmente depois que alguns estados passaram a obrigar o uso do acessório nas ruas e no comércio, por volta do mês de julho. No início de 2021, a procura por informações sobre as regras e os tipos de máscaras continuou intensa.

“Mutações”

Algumas mutações podem ser mais transmissíveis e letais.Algumas mutações podem ser mais transmissíveis e letais.Fonte:  Unsplash 

Desde as primeiras notícias sobre o surgimento de variantes do novo coronavírus, os usuários da plataforma queriam mais informações a respeito do assunto. Segundo a publicação, os picos de pesquisa foram em maio, quando se falou do tema pela primeira vez, e entre novembro e dezembro, época em que a variante britânica começou a ser comentada.

As expressões “mutações do coronavírus” e “covid mutação vacina” também apresentaram grande procura.

“Distanciamento social”

O distanciamento social foi adotado em praticamente todo o mundo.O distanciamento social foi adotado em praticamente todo o mundo.Fonte:  Unsplash 

Uma das primeiras orientações das autoridades de saúde após ser declarada a pandemia foi manter o distanciamento social, com o objetivo de reduzir a propagação do vírus. As buscas pelo tema foram intensas durante as semanas iniciais da crise, mas reduziram drasticamente com o passar do tempo.

Também chama a atenção a busca pelo termo “fim do distanciamento social”, revelando a ansiedade das pessoas para que as regras sejam retiradas logo.

“Vacinas”

A vacinação em massa teve início no final de 2020.A vacinação em massa teve início no final de 2020.Fonte:  Unsplash 

Curiosamente, as buscas pela palavra vacina no Google só aumentaram expressivamente no final de 2020, quando as farmacêuticas estavam perto de pedir a autorização para uso emergencial de seus imunizantes nos EUA.

Elas vieram acompanhadas de pesquisas sobre os efeitos colaterais da vacina, possivelmente motivadas por notícias de reações alérgicas em pessoas vacinadas no Reino Unido, e a respeito do calendário de vacinação.

Fontes

As dúvidas sobre a pandemia mais pesquisadas no Google