2º supercomputador mais poderoso do mundo oferece visita virtual

1 min de leitura
Imagem de: 2º supercomputador mais poderoso do mundo oferece visita virtual
Imagem: Reprodução
Avatar do autor

Para quem tem interesse em saber como são as instalações dos computadores mais poderosos do mundo, o Laboratório Nacional de Oak Ridge (ORNL) traz uma oportunidade e tanto. Nessa semana, passou a oferecer tours virtuais do Summit, considerado a segunda máquina mais potente do planeta atualmente.

Patrocinado pelo departamento de energia dos Estados Unidos, o dispositivo conta com algumas das melhores tecnologias disponíveis e, agora, executa simulações voltadas a pesquisas epidemiológicas que auxiliam no combate à covid-19, utilizando modelagem molecular e bioinformática.

Laboratório Nacional de Oak Ridge oferece passeio virtual pelo Summit.Laboratório Nacional de Oak Ridge oferece passeio virtual pelo Summit.Fonte:  Reprodução 

A instituição em questão, localizada no Tennessee, desenvolve programas de ciência e tecnologia aplicados aos problemas mais complexos de nossos dias e se vale de equipamentos do tipo desde o início dos anos 50. Com o tour, é possível "caminhar" ao redor do Summit, aprender sobre sua usina de energia de água quente de última geração, examinar gabinetes e até bisbilhotar interconexões e componentes.

Obviamente, não ficaram de fora informações a respeito das conquistas científicas atingidas pelo dispositivo. De acordo com o laboratório, é possível ter uma experiência ainda mais imersiva com fones de ouvido VR.

Configurações

Vamos a alguns detalhes que podem surpreender aficionados por tecnologia. Oferecendo desempenho Linpack de 148.600 TFLOPS (Rmax), o Summit consome cerca de 10.096 kW de energia e usa 4.662 servidores IBM AC922, alimentados por 9.216 processadores IBM Power9 de 22 núcleos de 3,07 GHz. 27.648 aceleradores de computação NVIDIA Volta GV100 fazem parte do pacote.

No total, o sistema possui 2.414.592 núcleos de computação, bem como 2.801.664 GB de memória. Para ver tudo isso, basta acessar o site. Aliás, será que roda Crysis?

2º supercomputador mais poderoso do mundo oferece visita virtual