Pegadinhas assustadoras como essas apresentadas no vídeo já circulam pela internet há anos, seja como anexos em emails ou como links de vídeos em sites como YouTube. Com elas, muitos sustos e até quedas de cadeiras já renderam boas risadas.

Boa parte delas está disponível há tempo demais, deixando a tarefa de encontrar alguém que ainda não as viu um tanto quanto difícil. Pensando nisso, o Baixaki/Tecmundo preparou essa matéria que pode ajudar você a alimentar seu estoque de pegadinhas que deixam seus amigos brancos de medo. Confira!

Cadeira fantasma

O vídeo dessa cadeira tem efeito semelhante ao do famoso comercial do carro fantasma. A vítima vai ficar bem interessada em prestar a atenção para tentar ver alguma coisa que, aparentemente, parece estar saindo do sofá.

Tudo em vão, já que o único propósito do vídeo e mostrar a garota do Exorcista aparecendo de supetão bem no meio da sala.

Labirinto do exorcista

Esse jogo aparentemente inofensivo pode ser uma maneira muito eficiente de fazer o coração de alguém disparar. O objetivo é conduzir um ponto azul por um labirinto sem tocar nas paredes. Caso falhe, o jogador terá de começar tudo de novo.

A tarefa é relativamente difícil, e, quanto mais a vítima se concentra em conseguir completar a tarefa, maior vai ser o seu “prêmio” depois de (quase) cumprir o objetivo.

A HQ Coreana

Há alguns meses atrás, o Tecmundo divulgou essa história em quadrinhos coreana que é realmente assustadora e o resultado foi surpreendente. Quase todos os 60 mil usuários que viram confirmam: esse é um dos conteúdos mais tenebrosos da internet.

O autor colocou em prática uma maneira criativa de usar o JavaScript para criar uma animação “surpresa” no meio da narrativa em quadros. Todos os textos vão estar em inglês ou em coreano, mas é fácil de entender a história apenas observando as figuras.

Lembre-se de que é necessário usar apenas as teclas “Page Up” e “Page Down” para avançar as páginas, caso contrário, a animação não vai funcionar corretamente.

O bebê assustador

Mais um exemplo de como um vídeo com aparência inofensiva no YouTube pode jogar você para trás. A sequência de 20 segundos mostra um bebê fazendo aqueles barulhinhos de neném. Uma “fofura”.

Conforme a câmera se movimenta para capturar o bebê por outros ângulos, uma edição bem bolada faz o neném bonitinho se transformar em um monstro assustador.

Cobra gigante