Cuba e Google fecham acordo para melhorar internet na ilha

1 min de leitura
Imagem de: Cuba e Google fecham acordo para melhorar internet na ilha
Avatar do autor

A empresa de telecomunicações cubana ETECSA e o Google fecharam parceria para aumentar a velocidade da internet na ilha. Na última semana, representantes das duas companhias lançaram um memorando conjunto sobre as negociações para melhorar a conexão no país. A ideia é criar uma conexão sem custo entre as duas redes. Em troca, Cuba precisa instalar um cabo submarino de fibra ótica, a fim de conectar sua rede ao ponto de presença do Google.

A notícia é boa para os habitantes da ilha, que há anos reclamam do custo e das baixas velocidades do acesso à internet no país. No entanto, ainda não há cronograma para a instalação dos cabos de fibra ótica. A previsão é que, uma vez que a infraestrutura esteja pronta, os cidadãos cubanos terão acesso mais rápido ao conteúdo hospedado nos servidores do Google, o que diminuirá o custo para o governo do país. Atualmente, a ETECSA paga taxas a intermediários para repassar o tráfego para sites como YouTube e Google Maps.

(Reprodução/Twitter - ETECSA)

De acordo com informações publicadas no Twitter da ETECSA, a parceria irá melhorar a qualidade de acesso aos conteúdos e é parte da estratégia de Cuba para desenvolvimento e informatização. A colaboração entre o país e o Google não vem de hoje. Mesmo antes da melhora das relações entre Cuba e os Estados Unidos, a empresa americana já tinha disponibilizado o Chrome para os habitantes da ilha. Em 2016, o Google instalou servidores locais para aumentar a velocidade dos serviços. 

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Cuba e Google fecham acordo para melhorar internet na ilha