Homem é preso após ter seu canal no YouTube deletado e ameaçar Google

1 min de leitura
Imagem de: Homem é preso após ter seu canal no YouTube deletado e ameaçar Google
Avatar do autor

Neste domingo (10), a polícia do estado da Califórnia, nos Estados Unidos, prendeu um homem que atravessou o país para tentar chegar à sede do Google na cidade de Mountain View. De acordo com os jornais locais, o homem foi identificado como Kyle Long, de 33 anos.

No momento da prisão, Kyle afirmou que estava tentando encontrar funcionários da empresa para que eles explicassem o motivo de o seu canal no YouTube ter sido deletado. Não há detalhes sobre qual seria esse canal ou mesmo o motivo da suposta exclusão.

Kyke LongKyle Long foi preso ao tentar chegar na sede do Google. Foto: Departamento de Polícia de Mountain View

As primeiras informações sobre Long foram passadas pelas polícias dos estados de Maine, onde ele vive, e Iowa, dias antes de o suspeito chegar à Califórnia. Durante a viagem de carro, ele se envolveu em um acidente com outro veículo e teria ainda vandalizado o banheiro de um posto de gasolina, mas nenhuma acusação formal chegou a ser aberta nesses locais.

Após ser avisada que ele estava indo para Mountain View, e que ameaçava usar violência física caso seu encontro com o Google não desse certo, a polícia da Califórnia passou a monitorar todas as principais estradas da região.

Kyle foi encontrado e preso na tarde de domingo. Segundo a polícia, ele tinha três tacos de beisebol no carro e um celular com direções para chegar a Mountain View. Ainda de acordo com a imprensa local, ele está preso no condado de Santa Clara sob uma fiança de US$ 25 mil pelas ameaças.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Homem é preso após ter seu canal no YouTube deletado e ameaçar Google