Estamos falando sobre a chegada de um serviço de streaming da Apple já há alguns meses e agora ele finalmente está chegando para competir na seara da Netflix, Amazon Prime Video e do vindouro Disney+. Segundo matéria do The Information, a plataforma estaria pronta para estrear na primavera ianque, mais precisamente em abril.

Abril também deve ser o mês da apresentação oficial do streaming da Disney

Três fontes dos bastidores de estúdios e redes de conteúdo audiovisual disseram que “as ofertas estarão disponíveis em um serviço pronto para ser lançado em meados de abril”. Se essa data realmente se concretizar, daqui três meses veremos a apresentação oficial de duas gigantes nesse setor. Isso porque um relatório da Disney adiantou que o anúncio do Disney+ para investidores deve acontecer no dia 11 de abril — sua versão comercial deve demorar um pouco mais para ser distribuída.

A possibilidade da chegada da Maçã ganha ainda mais força após o flagrante sobre uma página de destino encontrada na versão beta do iOS 12.2, que seria da Apple News Magazine. A “Netflix para revistas” da Gigante de Cupertino seria vendida em um combo, juntamente com a Apple Music e seu novo streaming de filmes e séries, com estreia programada justamente no período que ronda essas especulações mais recentes.

moonlightProdutora do oscarizado "Moonlight" está entre as contratadas para o streaming da Apple. Fonte: A24

Vale lembrar também que na Consumer Electronics Show (CES) 2019 a Apple divulgou várias TVs da LG, SamsungSony e Vizio com suporte ao Airplay 2 — protocolo que permite transmitir áudio e vídeo nos moldes do Chromecast. Coincidência? Acho que não.

E qual será o conteúdo desse streaming da Apple?

As fontes que falaram ao The Information incluem a produtora independente de filmes A24 (“Lady Bird”, “Moonlight”, “Hereditário”, entre outros) e a Oprah Winfrey Network (substituto do Discovery Health Channel) entre as que estão trabalhando para o serviço. E o que isso quer dizer? Bem, o streaming da Maçã atrasou o fechamento de sua grade de estreia porque Tim Cook revisou o conteúdo — algumas frentes que traziam temas mais obscuros ligados a sexo, crimes e drogas, por exemplo, foram vetadas.

Por isso, não espere por nada da A24 ligado a terror explícito e coisas assim, como o próprio “Hereditário”. Já a Oprah Winfrey Network pode ser uma boa para trazer atrações que conectem tecnologia com saúde e bem-estar — e isso combinaria e muito com novidades ligadas ao Apple Watch.

apple"Fundação", clássico de Isaac Asimov, estaria com a produção em andamento na Apple. Fonte: Geek Tyrant

Em relação ao que está em andamento, a Maçã tem na manga dois shows escritos pelos criadores da “Vila Sésamo” e um reboot para a antologia sci-fi “Amazing Stories”; “See”,uma distopia nos moldes de “Jogos Vorazes”, projetos com os diretores de Damien Chazelle (“La La Land”) e M. Night Shyamalan (“Vidro”, “O Sexto Sentido”); um drama espacial com Ron Moore (“Battlestar Galactica”) e um drama mais tradicional com Reese Witherspoon e Jennifer Aniston; uma adaptação de “Fundação”, de Isaac Asimov; e possivelmente uma animação de destaque.

A Apple não confirma nada disso, mas, como dá para notar, o mercado vai ficar bem mais competitivo e interessante muito em breve.

Cupons de desconto TecMundo: