Em março de 2017, a Google anunciou que não seria mais possível incluir novas anotações em vídeos publicados no YouTube a partir de maio daquele ano. A companhia afirmou naquele momento que as anotações existentes continuariam visíveis para quem consome vídeos pelo desktop. Contudo, a situação mudou e todas as anotações presentes em vídeos do YouTube deixarão de ser exibidas em 15 de janeiro de 2019.

“Todas as anotações existentes serão removidas”, diz o aviso incluído no anúncio do fim do editor de anotações publicado ainda no ano passado.

O Editor de Anotações foi idealizado ainda em 2008, "antes de todo mundo partir para os dispositivos móveis", relatava a Google na época do anúncio do fim do editor. "Com 60% do tempo gasto com os vídeos do YouTube sendo originários do celular, por que se dar ao trabalho de criar anotações que não serão vistas pela maior parte da sua audiência?”, justificava a empresa.

Em seu lugar, o YouTube vem apostando — acertadamente, diga-se de passagem — na Tela Final e nos Cartões, que funcionam tanto em dispositivos móveis quanto no desktop. Segundo a companhia, eles têm uma taxa de cliques muito maior do que as anotações, outra justificativa plausível para a mudança.