Como todo bom meme, após ganhar popularidade no ano passado, o meme do namorado distraído foi apropriado por marcas e empresas, inclusive na hora de anunciar uma vaga. Contudo, na Suécia, isso não foi visto com bons olhos e resultou em reclamações.

Um anúncio de emprego do provedor de internet Bahnhof usou a imagem e não foi muito bem recebido por parte dos usuários que viram a publicação no Facebook. Assim, ele acabou denunciado ao órgão que monitora a publicidade no país por, na visão dos reclamantes, "retratar as mulheres como objetos intercambiáveis, como se apenas a sua aparência fosse interessante."

memeMeme foi considerado sexista na Suécia.

O órgão que monitora a publicidade no país concordou com essa definição e classificou o anúncio como “discriminação de gênero” por sugerir que “mulheres são intercambiáveis tanto quanto empregos”.

Contudo, apesar da avaliação, a agência não tem poder legal para impor restrições, proibições ou retirar a campanha do ar. Dessa maneira, o anúncio deve continuar ativo na página da empresa.