Google anunciou nesta quarta-feira (12) que vai descontinuar o Inbox, o aplicativo de emails que foi lançado há 4 anos como uma espécie de versão turbinada e diferenciada do Gmail. Até março de 2019, usuários do Inbox terão a oportunidade de continuar usando o serviço até escolher um novo cliente ou gerenciador de emails.

O Inbox foi liberado em 2014 pela Google como uma forma de fazer você gerenciar os seus emails de uma forma alternativa, com uma série de experimentos e funções de resposta inteligente, notificações e organização das caixas de entrada — tudo utilizando inteligência artificial. Inicialmente, ele estava disponível apenas para empresas, mas logo ganhou várias novidades e saiu para o público geral.

Um GIF animado.

Porém, a Google acabou aplicando várias dessas novidades na mais recente versão do Gmail, apresentada em abril de 2018. Como o GIF animado acima explica de forma bem objetiva, a empresa basicamente anunciou que o Gmail vai "absorver" o Inbox e ser o único foco no setor.

Ela até criou um guia de transição (em inglês) para ajudar quem vai migrar do Inbox para o agora único sistema de emails da marca.

Cupons de desconto TecMundo: