Há alguns meses, o Spotify vem dando pistas de uma possível criação. Após noticiar o surgimento de um departamento com novas vagas, com o nome “Produção de Hardware”, a empresa de streaming acaba de fazer um registro oficial junto à FCC (Comissão Federal de Comunicações). De código 2AP3D, ele pode sinalizar a intenção de testar dispositivos wireless. 

Ainda não se sabe de detalhes e arquivos relacionados, já que estes costumam ser disponibilizados em um estágio mais próximo do lançamento. Entretanto, as expectativas são de um alto-falante inteligente e um player especial para automóveis, com recursos de comando de voz. Caso se tornem realidade, os produtos irão unificar a experiência com a marca e seu serviço de música.

Ainda não há comentários de nenhum porta-voz da companhia sobre o registro. Mas, desde os primeiros rumores, acredita-se que a iniciativa de criar o próprio hardware tenha ligação com a necessidade de competir com produtos feitos por outras empresas. As três principais concorrentes — Amazon, Apple e Google — já têm dispositivos acompanhando os seus softwares de streaming.

De acordo com a atualização mais recente no site oficial, o serviço do Spotify está disponível em 65 mercados e tem 170 milhões de usuários ativos. Destes, 75 milhões são assinantes. Quanto à quantidade de músicas, a plataforma supera a marca de 35 milhões de faixas, enquanto as playlists passam de 2 bilhões.