Três dos quatro youtubers que tentaram invadir uma penitenciária em Pernambuco fantasiados de personagens da série “La Casa de Papel”, da Netflix, vão responder na Justiça por uma série de crimes. O juiz da vara criminal da cidade de Abreu e Lima (PE), Luiz Carlos Vieira de Figueiredo, aceitou hoje (5) a denúncia do Ministério Público do estado contra o trio. Um dos integrantes do grupo era menor de 18 anos.

Assim, Gerson Farias de Albuquerque, Mateus Kleber Santos de Oliveira e Wesllay Meireles Lopes Costa responderão nos tribunais por provocar “alarme ou ato capaz de produzir pânico ou tumulto”, “desacatar funcionários públicos no exercício da função”, “atentar contra a segurança de serviço de utilidade pública” e “corrupção de menor de 18 anos”.

Em uma decisão preliminar, o juiz já proibiu os jovens de se aproximarem de qualquer unidade de detenção do estado de Pernambuco; eles precisam ficar a no mínimo 200 metros desses presídios, exceto quando houver alguma ordem judicial determinando o contrário.

Apesar disso, nenhum foi de fato condenado, uma vez que o processo judicial simplesmente acabou de começar. Antes de qualquer decisão final, o trio será ouvido, bem com testemunhas de defesa e acusação em múltiplas audiências. Segundo o juiz, caso acabem sendo punidos, os jovens terão suas penas calculadas, as quais poderão ser cumpridas por meio de prisão ou mesmo revertidas em prestação de serviços à comunidade, dependendo da situação.

Cupons de desconto TecMundo: