Um grupo de quatro homens foi detido nesta terça-feira (17) ao tentar invadir um centro de triagem de detentos fantasiados como personagens da série da NetflixLa Casa de Papel” carregando armas de brinquedo. Eles usavam macacões vermelhos e máscaras do pintor Salvador Dalí. O caso aconteceu no município de Abreu e Lima, na região metropolitana do Recife.

Os quatro eram liderados pelo youtuber Gerson Albuquerque, que disse pretender gravar uma pegadinha para o seu canal. Eles foram abordados pelos agentes penitenciários, que pensaram se tratar de uma tentativa de resgate dos presos que estavam no local. A Polícia Militar foi ativada e escoltou o grupo até uma delegacia. Um carcereiro publicou as fotos e um vídeo mostrando o momento em que eles foram detidos.

Gerson tem mais de 2 milhões de inscritos em seu canal no YouTube. Entre os envios mais populares, estão vídeos nos quais ele assedia homens e mulheres nas ruas, atinge pessoas com a espuma de um extintor de incêndio e reproduz o áudio conhecido como ‘gemidão do WhatsApp’ em locais públicos.

Os quatro gravaram algumas histórias para o Instagram antes de serem detidos. Assim como na série, eles usavam apelidos — Belém, Paraíba e Minas Gerais – e cantavam a música tema “Bella Ciao”. Em um dos vídeos, Albuquerque aparece dizendo que iria “fazer uma pegadinha” e “meter o terror”. De acordo com um agente de segurança do centro, apenas o fato de eles estarem lá usando máscaras era o suficiente para justificar uma abordagem.

Essa foi a segunda vez que o youtuber gravou um vídeo no Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel). No ano passado, ele apareceu na frente do centro perguntando aos funcionários se haveriam vagas disponíveis no presídio para ele.

Pronunciamento da Secretaria de Justiça

O secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico, se pronunciou sobre o caso, alertando a população para que episódios como esse não voltem a acontecer.

“É de uma irresponsabilidade inimaginável. Foi uma ação arriscada e que só não teve um final trágico graças a experiência dos nossos agentes penitenciários. Recentemente 21 pessoas morreram numa tentativa de resgate no presídio do Pará. Na ação de hoje o grupo poderia facilmente ser confundido com estes mesmos criminosos”, afirmou.

A nota da secretaria confirma ainda que os quatro homens tentavam invadir a unidade prisional quando foram detidos. Todos foram encaminhados à Delegacia de Paulista, município da região metropolitana, para que as providências legais cabíveis sejam tomadas.

Matéria atualizada às 16h45 com o pronunciamento do secretário.

Cupons de desconto TecMundo: