Dois anos depois de entrar na Justiça contra um parceiro comercial que infringiu seus diretos de imagem, a Grumpy Cat Ltda. foi recompensada em US$ 710 mil, o equivalente a R$ 2,2 milhões. A empresa que leva o nome da gata mais famosa da internet foi fundada por sua dona, Tabatha Bundesen, que aproveitou a fama da felina para vender sua “marca” para outras empresas comercializarem seus produtos.

Uma marca de café na Califórnia firmou um acordo para usar a imagem da gata em uma linha de café gelado, mas acabou abusando dos termos ao colocá-la em outros produtos, como cafés torrados em grão. O contrato original previa que a marca de café pagasse US$ 150 mil para a Grumpy Cat Ltda., e a multa por quebra de contrato acabou superando esse valor em mais de 4 vezes.

Você certamente se lembra da Grumpy Cat, a gata emburrada fofinha que começou sua fama na internet mundial em 2012. Ela estrelou milhares de memes no Twitter e em outras redes sociais, o que fez com que Bundesen aproveitasse a situação para gerir a marca que seu animal de estimação havia criado. A dona largou seu emprego de garçonete para lidar com as exigências comerciais da Grumpy Cat Ltda.

Em 1 ano, a empresa já valia US$ 1 milhão, segundo a New York Magazine. Atualmente, não há informações sobre o faturamento, mas a imagem de Tardar Sauce — o nome real da gata — já foi licenciada para todo tipo de produto. Ela está estampada em camisetas, canecas e todo tipo de produto dedicado a fãs. Ontem (24), ela voltou aos holofotes por conta do processo contra a empresa de café e ganhou uma manchete no The Washington Post: “Dona de Grumpy Cat ganha mais de US$ 700 mil em processo. Gata continua sem sorrir”.

Cupons de desconto TecMundo: