Uma das contas oficiais da Netflix no Twitter publicou a seguinte mensagem na última segunda-feira (11): “para as 53 pessoas que assistiram O Príncipe do Natal todos os dias pelos últimos 18 dias: quem machucou vocês?”. A mensagem, naturalmente, foi encarada pela maioria dos seguidores como uma anedota, mas alguns usuários do serviço de streaming aparentemente ficaram surpresos pelo fato de a empresa ter em seu poder esse tipo de dados.

Por conta disso, uma série de mensagens preocupadas apareceram no Twitter.

Alguém mais acha preocupante o fato de a Netflix estar falando sobre os hábitos de consumo das pessoas? Não parece um pouco assustador para vocês?

Isso é verdadeiramente assustador, Netflix. O que vocês fazem com esses dados? E quem comanda as suas contas nas redes sociais?

O curioso dessa situação toda é que, assim como praticamente todas as empresas com negócios online, é de conhecimento público o fato de a Netflix coletar informações a respeito dos usuários, incluindo o histórico de vídeos assistidos na plataforma. Naturalmente, a empresa consegue quantificar isso e descobrir os padrões de uso das pessoas. De outra forma, como seria possível personalizar a experiência de cada pessoa sem que essas informações fossem coletadas?

Os termos de uso do serviço — aquele documento que ninguém lê, mas com o qual concorda na hora de fazer o primeiro login — deixam claro essa situação, mas não explica muito bem para que os dados podem ser usados.

Isso é assustador pra caramba.

“Informações que coletamos automaticamente: coletamos informações sobre você e sobre o uso que você faz do nosso serviço, suas interações conosco e com nossa publicidade, bem como informações a respeito do seu computador ou outro dispositivo que você usa para acessar nosso serviço (tais como consoles de videogame, smart TVs, aparelhos móveis e set top boxes)”, disse o segmento dos termos.

O TecMundo entrou em contato com a assessoria da Netflix para comentar sobre a situação. Confira a resposta oficial da empresa:

"A privacidade dos hábitos de visualização dos nossos assinantes é importante para nós. A informação representa tendências gerais de visualização e não informações pessoais de indivíduos específicos e identificados".

Cupons de desconto TecMundo: