Em parceria com a Ericsson e a Qualcomm Technologies, a Claro está testando o Gigabit LTE, uma evolução do LTE, na rede de São Paulo, capital. Os testes tiveram sucesso e a Claro atingiu velocidades próximas a 1 Gb/s (gigabit por segundo).

Para atingir essa alta velocidade, a Gigabit LTE combina a faixa 5 GHz (espectro não-licenciado) com o 4G de espectro licenciado por meio de uma agregação de portadoras de frequência. O interessante disso é que a faixa 5 GHz é atualmente usada por redes WiFi.

Quer entender como essa velocidade age no mundo real? Na rede 4G comum, um episódio de seriado em 4K leva 30 minutos para ser baixado. Quando falamos sobre a rede 4,5G, esse tempo fica em 3 minutos. Na Gigabit LTE, o tempo cai para apenas 1 minuto.

Além do teste, a Claro anunciou uma ampliação da rede 4,5G

“Esta demonstração permite antecipar o futuro da conectividade móvel e a evolução que teremos nos próximos anos. Além de todos os novos recursos da rede 4.5G em implantação pela Claro no Brasil, estamos somando os recursos de espectro licenciado pela Claro e também ativando LTE em espectro não licenciado, em frequência utilizada para redes Wi-Fi. Como demonstrado, a tecnologia permite atingir, com a rede móvel de última geração que temos, velocidades próximas a 1 Gbps em um terminal móvel. Isso garantirá acesso quase imediato a recursos e aplicações na nuvem, aplicações avançadas de realidade virtual e realidade aumentada e até mesmo trocas instantâneas de arquivos de dados, fotos e vídeos, cada vez com maior definição”, disse Paulo César Teixeira, CEO da Claro, como indicou o pessoal da BitMag.

Além do teste, a Claro anunciou uma ampliação da rede 4,5G para os seguintes locais até o final do ano: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Vitória (ES), Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Curitiba (PR), Salvador (BA), São Luís (MA) e Campinas (SP). “A Claro está fortemente voltada a entregar a melhor experiência de serviços ao consumidor brasileiro e para isso tem um plano robusto de investimento para modernização e expansão de sua rede no país”, comentou Teixeira.

Cupons de desconto TecMundo: