Informações vindas do site The Guardian acabaram por gerar muitas apostas e esperanças por parte de quem esperava alguma mudança significativa para a página principal da Google nos desktops depois de tantos anos. Segundo eles a empresa estaria se preparando para uma mudança radical na versão de computadores do Google.com, adicionando um feed de notícias à interface.

Parece, no entanto, que as informações só estavam certas “pela metade”. Para começar, os dados trazidos pelo vazamento têm como base uma postagem feita pela Google em seu blog apenas alguns dias atrás, que se limitam a novidades para a versão mobile e os apps da companhia. Além disso, o jornal ainda coloca o site como vindo de 1996, sendo que a empresa surgiu em 1998.

Para ser claro, nós não temos planos para o desktop

Mas e se esses forem apenas pequenos deslizes das informações? Bem, o pessoal do site Ars Technica pensou nessa possibilidade e, para resolver a questão de uma vez por todas, entrou em contato com a Google para ter respostas. O que ela recebeu em resposta? “Não temos planos para o desktop” com relação a isso, disse um porta-voz da empresa.

Você pode conferir a resposta completa logo abaixo:

“Obrigado por entrar em contato. Confirmamos que mais tarde neste ano, nós esperamos lançar algum tipo de experiência de feed para o Google.com na rede mobile. Entretanto, o design e funcionalidade estão ainda completamente não confirmados e isso está ainda em fase de testes.

Para ser claro, nós não temos planos para o desktop.”

Obviamente, isso não quer realmente dizer que a companhia não possa estar se esforçando para guardar o segredo a sete chaves e que, dentro de algumas semanas, podemos acabar vendo o feed surgindo no PC. Mas convenhamos que, depois de uma resposta dessas, fica difícil ter muitas esperanças – o que é uma pena, visto o quanto essa novidade poderia ser útil para quem ainda prefere usar o desktop em seu dia a dia.

Cupons de desconto TecMundo: