O mais recente Relatório de Transparência da Google mostrou que a empresa não está poupando esforços para resolver casos de pirataria online. Nele, a companhia revelou que já removeu um número colossal de URLs da internet por culpa de infrações nas leis de monopólio intelectual: nada menos do que 2,51 bilhões – e contando.

De acordo com os dados, também é possível ver que boa parte desses números vêm de tempos recentes. Só no espaço de um ano, por exemplo, tivemos mais de 931 milhões de links removidos (quase 40% do total), sendo que 90 milhões deles foram retirados só no último mês.

Esse crescimento no número de remoções se mostra ainda mais impressionante quando consideramos a quantidade de solicitações de remoção por dia que são processadas. Como você pode conferir no gráfico acima, os pedidos por dia foram de alguns poucos milhares, ainda em janeiro de 2013, para picos absurdos de 25 milhões no começo de 2017.

Quanto aos sites com maior número de URLs removidas? Bem, basta conferir a lista abaixo. Como você pode ver, o famoso serviço 4shared.com é o maior alvo, enquanto o mp3toys.xyz e o rapidgator.net seguem na segunda e terceira posições. Segundo a Google, mais de 1,1 milhão de sites já foram alvo de remoções de links.

Vale notar que, das requisições de remoção feitas, a Google acatou 90% dos pedidos. Os links que restaram, por sua vez, continuam disponíveis justamente por não poderem ser classificados como uma infração de direitos autorais.

Cupons de desconto TecMundo: