Segundo o ranking do site StatCounter, estamos diante de um ponto de mudança importante no consumo de internet. Pela primeira vez, o tráfego feito por dispositivos móveis, incluindo tablets, ultrapassou o tradicional desktop. Isso significa que mais pessoas estão acessando a rede de forma mais intensa usando esses aparelhos do que em um computador convencional.

O ranking de outubro de 2016 confirma que o desktop fechou o mês com 48,7% do uso de internet, com mobile e tablet fazendo a ultrapassagem na média mundial e chegando em 51,3%. O gráfico soma os resultados obtidos pela plataforma em todo o mundo.

Confira abaixo toda a evolução, desde 2009, quando quase não havia comparação entre as plataformas:

Estava claro que isso um dia iria acontecer — afinal, o mercado de dispositivos móveis não para de crescer e o uso da internet enquanto você está longe do computador pessoal (deitado na cama, se deslocando de um lugar para o outro e por aí vai) tende a ser cada vez mais intenso. Porém, em várias regiões, isso ainda não acontece. É o caso de Reino Unido, Estados Unidos e até América do Sul, onde o  desktop ainda atende por 65,13% dos acessos.

De forma geral, está mais do que na hora de serviços e empresas se "espertarem" e otimizarem ainda mais os serviços para aparelhos como smartphones. A tendência é que o jogo vire e a distância só aumente, se transformando em uma verdadeira goleada.

Cupons de desconto TecMundo: