No último sábado (28), sem nenhuma explicação, a Apple removeu do ar a página do iCloud que permitia verificar se um dispositivo com o iOS havia sido roubado. Através do sistema iCloud Activation Lock (bloqueio de ativação), era possível usar o IMEI ou o número serial de um aparelho para descobrir se ele havia sido bloqueado por seu dono original.

A ferramenta era especialmente útil na hora de realizar compras por meios não oficiais, especialmente no que diz respeito a aparelhos usados. Quem tenta acessar a página do iCloud atualmente se depara com o aviso de que ela não pode ser localizada — até o momento, a companhia não se pronunciou sobre o assunto.

Com o site do iCloud fora do ar, os consumidores deixam de ter meios para checar a procedência de um produto

O mais estranho da situação é o fato de a página da Apple que explica o sistema de bloqueio de ativação continuar recomendando que os usuários usem o recurso como forma de proteger iPhones, iPads e iPods Touch. Com o site do iCloud fora do ar, os consumidores deixam de ter meios para checar a procedência de um produto sem tê-lo em mãos.

O recurso é ativado por padrão em qualquer dispositivo iOS lançado após o iOS 8 começar  a ser distribuído oficialmente. Ele exige que uma pessoa entre com as credenciais válidas de uma Apple ID antes de usar um aparelho — algo que ajudou a diminuir substancialmente o valor dos produtos da Maçã no mercado negro.

Cupons de desconto TecMundo: