Sem grandes surpresas (até porque os rumores sobre o aparelho já entregavam praticamente todos os detalhes), a fabricante taiwanesa HTC apresentou nesta quinta-feira (15) o smartphone One mini 2, a versão menor, menos potente e mais barata da segunda geração do smartphone HTC One (M8).

Segundo a empresa, o aparelho é destinado para quem gostou do design do celular original, mas prefere um gadget mais compacto para o dia a dia e com características um pouco mais modestas, que ainda deem conta do recado. As características realmente não deixam a desejar e devem ser uma concorrência pesada no mercado de smartphones intermediários.

A voz da experiência

A HTC parece ter aprendido com os erros após lançar a versão mini do primeiro HTC One: desta vez, trata-se realmente de um aparelho mais limitado em funções, não só com uma tela menor. Por isso, o preço deve cair consideravelmente e atingir um novo público-alvo para a fabricante.

Sem contar com a câmera secundária do smartphone original e o sensor UltraPixel, a ideia aqui é apostar em um básico de qualidade. Mas algumas boas características do M8 estão aqui, como a traseira curva e o design elegante, além de aplicativos específicos.

Selfies mais nítidas do que nunca

Um dos diferenciais do HTC One mini 2 é a câmera frontal, com impressionantes 5 MP. Além de ser ideal para videoconferências, ela é também indicada para as selfies, que ainda não saíram de moda. Para embelezar os retratos tirados no celular, o Touch Up é um editor que traz efeitos como eliminação de olho vermelho, ajuste de contornos da face e tratamento de pele.

A câmera frontal ainda possui um "auto-timer" que dá a você bastante tempo para trabalhar as poses antes de efetivamente tirar o retrato.

Para som e imagem

Além da interface Sense 6 para Android, o aparelho possui uma série de aplicativos próprios da empresa. Entre os destaques, há o BlinkFeed, que é um mural de notícias com mais de mil veículos parceiros, e o editor de vídeos Zoe Highlight.

Galeria 1

A tecnologia BoomSound também está presente para garantir uma experiência única de áudio no aparelho, por mais modesto que ele seja. O amplificador, que está também no M8, usa dois alto-falantes frontais para reproduzir diversos tons em alta qualidade.

Lançamento

Curiosamente sem carregar o nome do smartphone em tamanho maior (M8), o modelo foi apresentado em três cores: Gunmetal Gray (cinza), Glacial Silver (prateado) e Amber Gold (dourado). Ainda não há informações sobre preços e o lançamento deve começar a partir de junho e durar todo o segundo semestre de 2014 em alguns mercados selecionados.

Cupons de desconto TecMundo: