Depois de muitas especulações, a HTC finalmente anunciou o seu novo smartphone top de linha. O HTC One (M8) é o sucessor do atual HTC One, contando com hardware de altíssimo nível e muitos recursos inovadores para os consumidores. A HTC pretende manter os padrões da versão anterior, que contava com componentes de alto desempenho para executar tarefas com muita facilidade.

A nova versão do smartphone surge com hardware melhorado e algumas alterações no design, que agora conta com um pouco de curvas em sua estrutura. Além disso, o HTC One (M8) também chegará ao mercado com duas câmeras integradas para novas possibilidades. Quer saber mais sobre tudo isso? Então confira os detalhes do novo HTC One (M8).

Hardware: a grande arma da HTC

Sempre que falamos sobre os smartphones da HTC, pensamos no hardware poderoso que ela oferece para seus consumidores. Com o HTC One (M8) a história não é diferente e o celular surge com componentes que deixariam qualquer concorrente com inveja. Para começar, ele conta com a nova geração de processadores Qualcomm Snapdragon 801, com poder para executar qualquer função com muita rapidez.

Mais do que isso, o aparelho também surge com tela de 5 polegadas e resolução Full HD, gerando densidade de pixels de 440 pixels por polegada. Ainda é preciso destacar os 2 GB de memória RAM do aparelho, que podem garantir muita eficiência nas funções de multitarefas. Por fim, o One (M8) surge com bateria de 2.600 mAh e tecnologia de economia de bateria por gerenciamento por software.

Um novo conceito no design

É claro que existe um pouco de inspiração do HTC One no novo modelo. Mas é preciso notar que a fabricante realmente modificou uma série de detalhes para trazer um aparelho mais interessante aos consumidores. Houve um refinamento nos detalhes da carcaça externa do smartphone, que agora está mais curvilínea e também conta com arestas mais arredondadas e acabamento metálico que chama a atenção.

(Fonte da imagem: Divulgação/HTC)

Como você pode ver nas imagens ao longo desta página, esse novo design abriga muito bem as 5 polegadas da tela do HTC One (M8) — 0,3 polegada a mais do que as existentes na versão anterior do aparelho. Saídas de som continuam nas duas bordas do smartphone e a câmera frontal agora ocupa um espaço menor na estrutura.

E, se você está achando que o design do aparelho é uma questão secundária, é bom repensar. O vice-presidente de design da HTC afirma que as modificações trazidas pelo One é que permitiram que a fabricante investisse em inovações. Para o The Verge, ele disse: “Se não fosse pelo One, a HTC provavelmente não estaria aqui hoje!”.

Dot View Case

Ainda em relação ao design, a HTC anunciou a chegada de uma nova capa de proteção que pode impressionar a muitos. Trata-se da Dot View Case, que conta com uma grande quantidade de furos, que permite aos usuários terem várias informações acerca do aparelho sem que seja necessário ativar a tela inteira.

(Fonte da imagem: Reprodução/US Switch)

E nem é necessário pressionar algum botão para isso, pois a ativação da tela funciona da mesma forma que vem sendo vista em outros aparelhos. Basta dar dois pequenos toques na tela para que ela seja ativada e mostre as informações que o consumidor deseja. Quando a Dot View Case estiver acoplada, essa ativação ocorre de uma maneira limitada, mostrando horário e outras notificações com um visual mais retrô.

BoomSound: o áudio que você quer no seu celular

Por causa das limitações de espaço para os movimentos necessários na construção de uma estrutura de áudio de alto nível, os celulares costumam ter os sons muito agudos. Mas a HTC promete que isso não ocorre no One (M8), já que ele conta com a mesma tecnologia BoomSound presente na geração anterior dos aparelhos.

(Fonte da imagem: Divulgação/HTC)

Contando com duas saídas de áudio, os smartphones permitem que as músicas e os vídeos tenham o som levado aos espectadores de uma forma mais uniforme. Isso é muito interessante principalmente para quem gosta de assistir a filmes nos portáteis.

Nova Câmera UltraPixel

O smartphone da HTC possui duas câmeras principais integradas à parte traseira do aparelho. Elas trazem algumas possibilidades bem interessantes, mesmo contando com apenas 4 megapixels de resolução máxima. Trabalhando em conjunto, as duas câmeras conseguem capturar imagens com focos diferentes no mesmo momento — graças à tecnologia UFocus —, permitindo que o usuário decida qual será usado em um “pós-processamento”.

(Fonte da imagem: Divulgação/HTC)

Os recursos do “UltraPixel” também prometem melhores resultados para fotografias em ambientes de baixa luminosidade. Quanto à gravação de vídeos, a câmera do HTC One (M8) pode capturar os filmes em resoluções Full HD, tendo ainda a possibilidade de adicionar 12 filtros diferentes aos resultados, para que os seus clipes fiquem ainda mais interessantes.

HTC Sense 6: "o sexto sentido"

É difícil manter os smartphones em foco apenas atualizando hardware e deixando-os mais poderosos. Por essa razão, as empresas investem também em atualizações de software e instalação de novos recursos em seus aparelhos tops de linha. A HTC fez isso com o novo One (M8) e trouxe algumas novidades que podem deixar qualquer pessoa com aquela “coceirinha na mão”.

(Fonte da imagem: Divulgação/HTC)

Uma das grandes novidades de hoje é a atualização da interface de usuário HTC Sense, que chega à versão 6.0. Junto com ela, uma série de novidades surge para permitir que os consumidores tenham rápido acesso às principais funções existentes em seus aparelhos. Para começar, o launcher BlinkFeed continua trazendo atualizações de redes sociais, notificações e acesso dinâmico aos principais apps do HTC One (M8).

O Pacote de Serviços também vai ser atualizado para garantir mais segurança aos consumidores, além de corrigir alguns pequenos erros que poderiam estar presentes na versão anterior. Um dos principais apps a chegar com a nova interface é o HTC TV, que reúne informações sobre programas de televisão e ainda permite que Smart TVs sejam controladas pela tela do smartphone.

Indo além dos toques na tela

Também é válido dizer que o HTC Sense 6 trouxe novas possibilidades para os comandos por gestos. Diversas novidades foram instaladas no HTC One (M8), sendo que algumas delas são realmente incríveis. Com novas possibilidades aplicadas aos sensores de gestos, o smartphone pode ser reativado com apenas um deslizamento de dedos na tela ou então pelo simples movimento de deixá-lo na altura dos olhos.

(Fonte da imagem: Divulgação/HTC)

Outra possibilidade bem interessante diz respeito a silenciar o smartphone em caso de ligações em momentos inoportunos. Basta girar o aparelho — se estiver com a tela para baixo, fazendo com que ela fique para cima, por exemplo — para que a ligação seja rapidamente rejeitada e os sons interrompidos. Por meio de controles por voz, também é bem simples atender a alguma chamada sem precisar tocar no celular.

Disponibilidade

Os consumidores brasileiros dificilmente vão ver o HTC One (M8) nas lojas daqui — assim como acontece com outros aparelhos da HTC —, mas os norte-americanos já podem comprar os novos smartphones a partir do dia 25 de março (mesmo dia do anúncio oficial). As principais operadoras dos Estados Unidos já estão vendendo o celular, que deve começar a ser entregue na primeira metade de abril.

Ainda não há informações sobre os preços que serão cobrados por cada um dos aparelhos, uma vez que a HTC vai realizar as vendas apenas por meio de operadoras com diferentes contratos e planos. É possível que alguns valores comecem a ser revelados nas próximas horas, mas por enquanto não há informações concretas sobre isso.

Cupons de desconto TecMundo: