A frequência de roubos no Estado de São Paulo só aumentou nos últimos 19 meses, forçando o governador Geraldo Alckmin (PSDB) a colocar a segurança pública em pauta na sua nova gestão. Um dos grandes problemas que amantes de celulares sofrem é o medo de comprar um aparelho tão caro e ser roubado pouco tempo depois.

Na tentativa de diminuir a quantidade de furtos de smartphones – que correspondem a 16,7% de todos os roubos do Estado –, a Polícia Civil de São Paulo vai marcar uma reunião com a Secretaria de Segurança Pública e as operadoras para implementar uma medida que bloqueie dos celulares roubados assim que o boletim de ocorrência for registrado.

O TecMundo até mesmo já ensinou como proceder no bloqueio do smartphone com o número IMEI. Contudo, a nova solução da Polícia Civil tornará o processo muito mais rápido e prático, eliminando o esforço adicional que o cliente deve ter para contatar a operadora. Se a medida entrar em vigor, a vítima só precisará preencher um formulário adicional no boletim de ocorrência com as informações do aparelho.

Cortando o mal pela raiz

Bloquear o IMEI não traz o seu smartphone de volta, mas bloqueia todo tipo de comunicação do aparelho, algo nada atrativo para quem deseja vender ou utilizar o smartphone. A polícia espera que esses aspectos negativos possam inibir a ação dos criminosos e diminuir a taxa de roubos. Entretanto, caso você trave seu dispositivo, não se esqueça de bloquear também sua conta da Google Play, iCloud ou do Windows Phone.

Bloquear o IMEI pode impedir que você rastreie o seu smartphone em alguns casos, portanto tenha certeza de que não há outra alternativa. A notícia é muito bem-vinda, e poupar uma dor de cabeça extra em uma situação estressante em que você foi roubado é um alívio para qualquer vítima. Esperamos que a nova medida espante os bandidos de nossos queridos celulares.

Cupons de desconto TecMundo: