Está certo que muita gente gostou do Cardboard – aquele acessório super barato que transformava qualquer celular em um aparelho de realidade virtual, feito pela Google e apresentado em seu famoso evento Google I/O – na época em que foi mostrado. Mas não pense que a empresa pretende parar com isso por aí.

Ao que parece, podemos ver a evolução desse conceito aparecendo em breve, com o anúncio de “algumas coisas sobre o Cardboard que não são feitas de papelão”. A promessa, segundo o site Gizmodo, veio de ninguém menos do que Clay Bavor, antigo encarregado da experiência de usuário dos serviços Gmail, Google Drive e Google Apps, mas que agora está comandando os esforços da Google em tornar o Android um aparelho de realidade virtual.

Um segredo bem guardado

Vale notar que, até pouco tempo atrás, a equipe de desenvolvimento do Cardboard apontava exatamente o contrário: nenhum deles afirmou em situação alguma que a Google queria expandir o projeto. Ao ter a chance de conversar com Bavor, no entanto, o chefe da divisão encarregada do aparelho disse que essa era apenas a “ponta do iceberg”.

“Nossas ambições não acabam aqui” garantiu Bavor. Durante a conversa, ele ainda admitiu que o Cardboard original era propositalmente limitado (sem um prendedor para a cabeça e com um campo de visão limitado), mas que essas limitações devem desaparecer.

É claro que, com isso, as nossas expectativas tornam ao Google I/O 2015. Mas será que veremos isso por lá? Bavor não confirma, mas deixa a dica de que vamos querer estar lá – e que o futuro do Cardboard não vai estar limitado a um monte de papelão.

Cupons de desconto TecMundo: