O ator global Murilo Rosa venceu a Google em um processo judicial. O artista acionou a 4ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, quando teve fotos íntimas vazadas na internet e com possibilidade de acesso pelo buscador. O caso aconteceu em março de 2013.

De acordo com o advogado do ator, Ricardo Brajterman, a empresa foi condenada a pagar R$ 50 mil ao artista por danos morais, além de R$ 10 mil por cada dia adicional em que o site continuar exibindo os resultados. Essa segunda pena passou a valer a partir do dia 12 de novembro deste ano.

Bratjterman afirma que várias notificações ao Google Brasil foram realizadas antes do processo judicial ser aberto. O YouTube era o principal canal em que as fotos foram divulgadas — e, agora, o advogado estuda processar também os responsáveis pelo vazamento das fotos. Além disso, Murilo teria recebido uma ligação anônima em que uma pessoa ameaçava lançar mais imagens na rede caso não recebesse um pagamento em dinheiro.

A empresa ainda pode recorrer da decisão, mas não comentou oficialmente o caso.

Cupons de desconto TecMundo: