Hospedado e criado pela equipe do site Slate, o “Google Graveyard” é, literalmente, um cemitério digital dedicado aos produtos lançados pela gigante das buscas. “É difícil perder um ente querido – especialmente se ele pertence à lista de serviços oferecidos pela Google”, diz a descrição da bem humorada e interativa página. Interativa? De fato: se você deseja prestar suas condolências a um ou outro produto já findado, clique sobre uma lápide e deixe uma flor.

O santuário pode ser visitado por meio deste link. Serviços como Google Wave, Google Buzz, iGoogle, Google Reader e Orkut, por exemplo, são alguns dos nomes sepultados. As datas de nascimento e morte dos produtos são, naturalmente, exibidas pelas inscrições de cada túmulo. Abaixo de cada lápide, a quantidade de flores despejada por internautas pode ser conferida; ao clicar em “Learn More”, uma nova aba será aberta (consulte a descrição do serviço em xeque junto à Wikipédia e relembre os momentos marcantes do legado de cada um dos enterrados).

Até um buraco para o Google Glass já foi cavado.

Importante mencionar que a quantidade de flores exibida pelos túmulos varia com determinada frequência – robôs encarregados de fazer a limpeza do cemitério destinado aos produtos lançados outrora pela Google retiram o excesso de flores despejadas – os últimos 3 mil cliques sobre cada uma das cavas são mostrados. Seguido do Orkut (que, até o momento de publicação desta matéria, recebeu mais de 155 mil flores), o Google Reader é o segundo serviço que parece mais ter marcado a memória dos internautas (acesso o cemitério aqui).

Cupons de desconto TecMundo: