Project Tango: smartphone da Google é desmontado e tem hardware revelado

2 min de leitura
Imagem de: Project Tango: smartphone da Google é desmontado e tem hardware revelado
Avatar do autor

(Fonte da imagem: Reprodução/iFixit)

Você se lembra do Project Tango, anunciado pela Google pouco menos de dois meses atrás? Se antes estávamos limitados a imaginar o que esperar do aparelho através de um vídeo, agora temos a chance de entender o que esse dispositivo deve guardar nos mínimos detalhes.

Tudo isso porque a gigante de Mountain View deixou que o site iFixit desmontasse o smartphone para entender cada componente que há dentro dele. O resultado é bastante impressionante — em primeiro lugar porque o smartphone vem com um hardware capaz de fazer frente com praticamente qualquer modelo de alto desempenho no mercado.

Se você duvida, aqui está a prova: além de um potente processador Snapdragon 800, o aparelho conta com uma memória de 2 GB RAM, tem 64 GB de armazenamento interno. Para completar, o Project Tango ainda possui uma bateria de incríveis 3.000 mAh – esta provavelmente necessária para manter o funcionamento do rastreador 3D sem diminuir a “vida” do aparelho.

Project Tango, antes de ser desmontado (Fonte da imagem: Reprodução/iFixit)

Mas o que certamente mais impressionou no aparelho foi sua facilidade de reparo. Uma vez que praticamente todas as peças podem ser substituídas (com exceção do motor vibratório e das portas USB) e o processo de abrir o smartphone consiste apenas em soltar alguns parafusos, o dispositivo recebeu um 9 de 10 pontos na escala de reparabilidade.

Especificações técnicas

Apesar de a Google ter se mantido calada quanto às especificações do Project Tango, ter a chance de desmontar o aparelho permitiu que o iFixit descobrisse boa parte do hardware do smartphone. Veja logo abaixo:

  • Tela: LCD de 5 polegadas
  • Sistema operacional: Android
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 800 quad-core de 2,3 GHz
  • Memória RAM: 2 GB LPDDR3
  • Armazenamento interno: 64 GB
  • Armazenamento externo: cartões micro SD
  • Câmera traseira: 4 MP com sensor infravermelho para percepção de profundidade e campo de visão de 180°
  • Conectividade: porta micro USB, porta mini USB, porta micro USB 3.0
  • Recursos exclusivos: acelerômetro/bússola/giroscópio de 9 eixos
  • Bateria: 3.000 mAh

Entendendo o mapeamento 3D

Está curioso para ver como funciona o sistema de mapeamento do Project Tango? Infelizmente, a Google não permitiu que o smartphone fosse ligado para termos uma ideia de como tudo vai ser no novo aparelho; isso não impediu o iFixit, entretanto, de arranjar seus meios para testar a câmera do celular.

(Fonte da imagem: Reprodução/iFixit)

Usando a câmera infravermelha, o grupo foi capaz de modificar o dispositivo de forma a torná-lo um projetor. Isso mostrou que o detector de profundidade age de maneira semelhante ao Kinect para identificar movimentos, projetando milhares de pontos minúsculos na parede e analisando o tamanho dos pontos de luz para calcular a distância dos objetos no cenário.

Por fim, é preciso frisar que o Project Tango se trata de um aparelho ainda em desenvolvimento. Logo, muito dele pode mudar até sua versão final – seja no design, no hardware ou na estrutura interna. Bem, vamos torcer para que, se isso acontecer, as alterações sejam apenas para melhor.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Project Tango: smartphone da Google é desmontado e tem hardware revelado