Tablet Qualcomm rodando demo em 3D (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Já conhecíamos as capacidades dos processadores Snapdragon 600, presentes em aparelhos como o Samsung Galaxy S4 e o HTC One. Nesta terça-feira (18), durante evento realizado na cidade de São Francisco, nos Estados Unidos, a Qualcomm detalhou a nova série Snapdragon 800, focada em altíssimo desempenho.

Fizemos os testes no tablet da própria companhia, que é um protótipo com tela Full HD de 11,6 polegadas. Abaixo você confere as especificações completas do aparelho utilizado durante a demonstração e mais adiante os resultados completos dos benchmarks:

Snapdragon 800 (MSM8974) SoC

  • CPU: Krait 400 quad-core 2,3 GHz;
  • GPU: Adreno 330;
  • Memória RAM: 2 GB LPDDR3;
  • Tela: 11,6 polegadas;
  • Resolução: 1920x1080 pixels;
  • Câmera traseira: 12 MP;
  • Câmera frontal: 2 MP;
  • Bateria: 3.400 mAh;
  • Conectividade: LTE, Bluetooth 4.0, WiFi 802.11ac, NFC e GPS./li>

Coração de dragão

As duas características principais do Snapdragon 800 são os novos núcleos Krait 400 e a unidade de processamento gráfico Adreno 330. Os núcleos Krait 400 operam em frequências de até 2,3 GHz – contra 1,9 GHz da série 600. A GPU Adreno 330 traz desempenho até 50% maior em relação ao modelo anterior, com suporte a tecnologias avançadas como OpenGL ES 3.0, DirectX e OpenCL.

(Fonte da imagem: Reprodução/Qualcomm)

Curiosamente, um dos aspectos abordados durante a apresentação foi “o quanto do chip é ocupado de fato pela CPU”. O vice-presidente de gerenciamento de produtos da empresa, Raj Talluri, deu a resposta: apenas 15%. O restante do espaço é dedicado a circuitos como o de WiFi, a sensores ou ainda aos processadores secundários especializados, chamados de DSPs (Digital Signal Processors).

São justamente os DSPs os responsáveis por fazerem um processamento prévio de todos os dados que chegam por meio dos sensores ou também para funções específicas, como reprodução de áudio. Essa “mastigada” alivia a unidade central, fazendo com que menos calor seja gerado em um ponto concentrado do chip.

Medição térmica dos smartphones (Fonte da imagem: Reprodução/Qualcomm)

Na prática, isso significa que os aparelhos com o Snapdragon 800 devem consumir menos energia e esquentar pouco e de forma mais distribuída, o que ajuda na dissipação. Segundo a Qualcomm, esta é uma das únicas formas viáveis de garantir mais duração de bateria em conjunto com o aumento de desempenho dos aparelhos.

Fazendo os testes

O Snapdragon 800 ganha de todos os modelos disponíveis hoje com uma boa vantagem, seja em desempenho de navegação ou em testes mais pesados. O grande concorrente, no entanto, será o Tegra 4 da NVIDIA, que deve chegar ao mercado logo em seguida para brigar de igual para igual.

O desempenho nos jogos foi ótimo, com algumas demonstrações chegando perto de 60 quadros por segundo em resolução Full HD. Os representantes da empresa, no entanto, afirmaram que ainda há espaço para melhorias, já que muitos apps não estavam utilizando as novas tecnologias disponíveis. Os resultados dos testes fixos podem ser vistos na tabela abaixo:

Ampliar (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Tomando como base de comparação o teste 3D Mark Ice Storm, vimos o Samsung Galaxy S4 atingir 10.839 pontos na configuração-padrão e apenas 6.694 pontos na configuração Extreme, que utiliza efeitos gráficos mais pesados e outras técnicas avançadas. Ou seja, um salto gritante de desempenho por conta da nova GPU Adreno 330 no Snapdragon 800.

Em outras funções o novo processador mostra as suas garras, mas o resultado não é tão imediato pelo fato do modelo Snapdragon 600 já apresentar um bom desempenho. As capturas dos testes podem ser conferidas na galeria abaixo: 

Pixels de sobra

Outro destaque do Snapdragon 800 é a sua capacidade de processamento de imagens. O chip pode alimentar telas com até 2560x2048 pixels e reproduzir vídeos Ultra HD 4K – com direito a saída também em 4K para TV, caso você tenha uma.

Em termos de fotografia, são aceitos sensores de até 55 MP, fazendo uso de duas unidades dedicadas à captura de imagens em paralelo.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Estas unidades podem fazer duas capturas em formatos diferentes, por exemplo, ou serem combinadas em novas técnicas, como a fotografia computacional, uma técnica que deixa você reajustar o foco da imagem depois que ela já está pronta. Outra possibilidade é a de gravar vídeos e fotografar simultaneamente.

Ainda tratando de multimídia, o Snapdragon 800 conta com as tecnologias de som DTS-HD e Dolby Digital Plus em 5.1 ou 7.1 canais para a máxima experiência surround.

WiFi 802.11ac, uma nova geração

O pacote de conectividade é recheado com quase todas as opções do mercado: Bluetooth 4.0, navegação GNSS, USB 3.0 e tecnologias globais de conexão LTE. Mas o destaque vai para a entrada oficial da tecnologia WiFi 802.11ac no mercado de portáteis.

Para quem não sabe, o novo padrão promete velocidades até três vezes maiores do que as oferecidas pelo padrão n, além de maior estabilidade e uso inteligente da conexão com internet.

Quando você poderá comprar um?

Os processadores já estão prontos para o mercado. No entanto, a estreia deles depende diretamente das fabricantes de smartphones e tablets. Vimos nas semanas anteriores os rumores da chegada do Sony XPERIA ZU e de uma variante do Samsung Galaxy S4 com o Snapdragon 800, mas nada confirmado até o momento.

Os representantes da Qualcomm afirmam que os aparelhos devem aparecer ainda no terceiro trimestre de 2013, quem sabe antes do fim de junho.

O Tecmundo viajou à cidade de São Francisco, nos Estados Unidos, a convite da Qualcomm.

Cupons de desconto TecMundo: