(Fonte da imagem: Reprodução/9 to 5 Google)

Embora o Google Glass sequer tenha sido lançado em escala global, a Google já parece disposta a explorar seu conceito de óculos inteligente em um nível ainda mais avançado. Recentemente, a companhia registrou um sistema que permite adicionar câmeras microscópicas a lentes de contato, opção que complementa o trabalho já realizado pela empresa nesse sentido.

Segundo os documentos registrados pela companhia, a novidade teria a capacidade de permitir que, ao olhar para um objeto, uma pessoa registrasse uma fotografia dele. A tecnologia descrita tem a capacidade de lidar com mais de uma câmera, o que pode ajudar a facilitar a vida de pessoas que sofrem com alguma espécie de deficiência visual.

Entre as situações descritas pela Google está o uso das lentes de contato por uma pessoa cega que, graças ao dispositivo, pode detectar obstáculos e desviar deles. Aliada a um smartphone, a invenção será capaz de enviar pequenos sinais sonoros a seu usuário para avisar quando é seguro atravessar uma rua movimentada, por exemplo.

Já quem possui uma visão considerada normal (20/20 ou melhor) poderia usar as lentes de contato para se tornar uma espécie de “super-herói” capaz de enxergar a longas distâncias. Vale notar que, como qualquer patente, a invenção da Google pode nunca se tornar realidade, ficando restrita somente ao campo das ideias ou dos protótipos que dificilmente chegam às mãos do público em geral.

Cupons de desconto TecMundo: