(Fonte da imagem: Divulgação/Google)

Enquanto o mundo da tecnologia parece obcecado em encontrar o “relógio inteligente perfeito”, os engenheiros do projeto Google X apostam em iniciativas bastante diferenciadas. A companhia anunciou na última quinta-feira (16) que está trabalhando na construção de uma “lente de contato inteligente” responsável por ajudar pessoas com diabetes a monitorar o nível de glicose em suas correntes sanguíneas.

O projeto foi desenvolvido com a premissa de que os novos aparelhos se mostram menos invasivos e dolorosos do que métodos tradicionais, que tipicamente envolvem picar um dedo e testar gotas de sangue múltiplas vezes por dia. Idealmente, o sensor seria capaz de gerar uma leitura a cada segundo, emitindo alertas a partir do momento em que a quantidade de glicose do sangue começasse a cair — para isso, a companhia estuda colocar um LED minúsculo nas lentes.

Babek Parziv, um dos cocriadores da novidade, exibiu em 2009 o protótipo de uma lente de contato capaz de medir sinais vitais, o que mostra que o novo gadget já vem sendo desenvolvido há um tempo considerável. Entre as empresas que já estudaram ideias semelhantes está a Microsoft, que apresentou um projeto do tipo desenvolvido em parceria com a Universidade de Washington em 2011.

Embora não haja previsão de quando as lentes de contato inteligentes devem chegar ao mercado, a Google afirma que está trabalhando junto ao FDA (órgão regulador dos Estados Unidos) e outros parceiros para tornar isso possível. Caso o projeto saia dos laboratórios da empresa, a expectativa é a de que companhias interessadas vão poder projetar aplicativos próprios para oferecer ferramentas de medição ao público.

Cupons de desconto TecMundo: