Google anunciou uma nova edição do Launchpad Accelerator, um programa de investimento e troca de conhecimento entre a gigante da tecnologia e startups que desejam uma impulsão para entrar de vez no mercado. Essa é a segunda "classe?" anunciada pela empresa e inclui seis startups brasileiras, que participarão do projeto por seis meses junto com escolhidas de Índia, Indonésia e México.

O programa foi lançado em dezembro de 2015 e tem como objetivo impulsionar empresas em fase de crescimento e fazer com que elas se tornem uma referência de mercado, relevantes inclusive no cenário global. "Ele é pensado em melhorar e suportar ecossistemas de startups em países emergentes", explica o gerente de relacionamento com desenvolvedores e startups para a América Latina, José Papo.

Uma mãozinha especial

Entre outras atividades, as participantes ganham benefícios como US$ 50 mil em investimento; duas semanas de aceleração e imersão na sede da Google, no Vale do Silício; e créditos em produtos de computação em nuvem da marca. Tudo isso é sem contrapartida — ou seja, a startup não tem a obrigação de entregar uma fatia dos lucros para a Google ou algo parecido.

Segundo Papo, o objetivo do projeto não é ser uma aceleradora comum, mas sim levar empresas que já estejam com um produto pronto até uma base de acessos ou usuários. A ideia não é competir, mas sim permitir que alguns projetos tenham um crescimento maior (uma “pós-aceleração”) e até passem a atuar em outros países e setores.

José Papo: "Brasil tem alto potencial e força muito grande"

Desde o início do programa, a Google já investiu mais de US$ 900 mil (cerca e R$ 3,1 milhões) em verba aplicada, aluguéis de espaços de co­working e os custos da viagem e estadia para os participantes.

Já dá frutos

As startups brasileiras que já participaram do Launchpad Accelerator apresentaram números bastante positivos após os seis meses, mostrando os resultados do programa. Algumas até aproveitaram a ajuda para mudar bastante o próprio objetivo e o mercado em que atuam, como foi o caso da Cuponeria. A empresa da primeira classe do programa fez modificações radiciais no site e no app em relação à experiência do usuário, justamente um dos pontos mais marcantes da cultura da própria Google.

Segundo o gerente, a escolha do Brasil como país participante mostra que a empresa vê potencial na região e em seus empreendedores a longo prazo, independente da crise econômica, e enxerga um diferencial importante nas startups brasileiras. Focar inicialmente no mercado regional ou nacional antes de expansões ambiciosas demais é bastante positivo para as empresas daqui, que rapidamente adquirem uma base de usuários e estabilidade na receita, podendo "viver com os próprios pés" enquanto os investimentos não chegam.

O sucesso no futuro seria com investimentos, mais clientes, expansão para mercados internacionais, tornarem-se grandes

E a Google está interessada não só em disponibilizar verba, conhecimento e estrutura, mas também permitir que esses pequenos negócios se tornem gigantes. "Startups estão aí mudando mercados, fazendo disrupções e criando modelos de negócios de muitas indústrias, e para uma corporação que tem como modelo diferentes plataformas, como a Google, isso é fundamental", explica Papo.

Com compartilhamento de conhecimentos, experiência ajuda startups a decolarem de vez.

As escolhidas

Essas são as seis startups brasileiras selecionadas para a atual classe do Launchpad Accelerator:

  • AppProva­ - um app que faz avaliações e testes de nivelamento para quem se prepara para vestibular e outros concursos.
  • BankFácil - plataforma de crédito digital para empréstimos com foco em preço acessível.
  • Edools - ajuda empresas com gestão de cursos, cuidando de setores como vídeo, hospedagem, gerenciamento de estudantes e outros serviços.
  • Emprego Ligado - um serviço para que candidatos em busca de trabalho em mercados emergentes encontrem o trabalho mais adequado e perto de casa.
  • GetNinjas - conecta clientes com profissionais de serviços de várias áreas, ajudando na contratação de babás, designers, encanadores e muito mais.
  • Love Mondays -  uma comunidade de carreiras em que funcionários avaliam as empresas onde trabalham e interessados se candidatam a vagas.

Você pode conhecer a iniciativa Launchpad Accelerator no site oficial do projeto e saber mais sobre as startups brasileiras do programa neste link.

O que você acha das iniciativas da Google em relação às startups? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: