(Fonte da imagem: Reprodução/Google Play)

A Gigante das Buscas parece estar empenhada em combater a pirataria dentro da sua loja de aplicativos, a Google Play, e dá indícios de ter aumentado seus esforços para remover programas e jogos ilegais.

Prova disso é uma patente concedida recentemente à Google que revela um método desenvolvido pela companhia para comparar o código de softwares para verificar a existência de cópias. A ideia é que os donos de Android não encontrem uma infinidade de apps genéricos, e que muitas vezes podem ser maliciosos, ao pesquisar por um game ou programa popular.

Basicamente, os aplicativos receberão uma espécie de “nota” baseada em quanto eles se comparam com o código de outros softwares. Obviamente, nesse processo existem diversas métricas e cálculos complexos, mas se um app atingir determinado valor nessa avaliação, ele é automaticamente removido da loja.

Ampliar (Fonte da imagem: Reprodução/Google Patents)

Para que aplicações open source, que podem ter seu código usado livremente por qualquer pessoa, não sofram com essa ferramenta de bloqueio, a empresa tem preparado um filtro inteligente capaz de identificar e separar esses casos.

Cupons de desconto TecMundo: